Tuédoidé? / Curiosidades

HORA DO PREPARO!

Quer saber como “aguentar o tranco” na hora do sexo? Confira as dicas!

quarta-feira, 11/09/2019, 21:25 - Atualizado em 11/09/2019, 21:31 - Autor: DOL


Essas sete dicas vão revolucionar o seu desempenho sexual
Essas sete dicas vão revolucionar o seu desempenho sexual | Reprodução

Independentemente se você faz pouco ou muito, a verdade é que sexo consome energia e, por isso, exige preparo dos seus participantes. Não à toa que suamos nos lençóis, mas para tornar esse momento único, eficaz e inesquecível (de forma positiva), siga a lista abaixo com seis dicas importantíssimas para você aguentar o tranco na hora do sexo:

 

1) Alongamento: este item é importantíssimo para que você não acabe com dores durante ou depois do sexo. Alongar o corpo ajuda também a aumentar o repertório de posições sexuais possíveis. A dica é investir tempo na parte posterior das pernas, zona muito cobrada na hora H.

Como fazer? Sente-se no chão, estique uma perna em frente ao corpo e encoste a mão no pé até sentir o alongamento. Mantenha-se nessa posição por 10 a 30 segundos e faça o mesmo com a outra perna. Repita o processo de cinco a seis vezes.

 

2) Aeróbicos no lugar: outra forma super eficiente de trabalhar a frequência cardíaca e ganhar fôlego na hora do sexo é praticar exercícios aeróbicos. Correr no mesmo lugar e pular cordas são ótimos auxiliantes. Mas para você, caro novato, a dica é começar com calma e aumentar o ritmo gradativamente.

 

3) Agachamento: essa é a forma ideal para exercitar a musculatura das coxas e do bumbum, além de fortalecer as pernas. Para os iniciantes, o exercício pode ser feito de três a quatro vezes na semana, em quatro séries de seis a oito repetições. E, por ser o mais indicado, é preciso ter muito cuidado: atenção à postura porque movimentos errados podem comprometer a sua postura. 

Como fazer? Os pés devem estar afastados na largura do ombro e as pontas dos pés, voltadas ligeiramente para fora. Em seguida, flexione os joelhos, como se fosse sentar em uma cadeira, empurrando o quadril para trás. Depois, volte à posição inicial. A coluna precisa estar reta e não pode doer durante o exercício.

 

4) Fortaleça os braços: segurar o próprio corpo sobre a cama ou o corpo do parceiro(a) requer equilíbrio e muita força dos braços. Por isso, exercícios como flexão e barra fixa são completos e cumprem bem o papel. Atenção: para que o exercício seja executado sem riscos, não flexione muito os punhos.

 

5) Fortalecendo a região pélvica: realizar a “ponte” é uma ótima forma de fortalecer a musculatura pélvica, além das pernas, coluna, abdômen e glúteos. A atividade é ideal tanto para homens e mulheres. A proposta é fazer uma ponte retilínea com o corpo, em posição deitada, com os joelhos flexionados e mantendo os braços estendidos, apoiados no chão. 

 

6) Abdominais: os velhos abdominais elevam o condicionamento e ajudam na hora de elaborar posições. Utilize as variações do exercício e dedique um tempo razoável quando o estiver fazendo. Uma vez com o sucesso deles, o desempenho melhora significativamente. Outra vantagem é a possibilidade de fazer junto com a sua companhia.

 

7) Não que seja uma dica. É mais um reforço: a prática de atividades físicas é importantíssima não apenas para a melhora do desempenho do sexo, mas para a produção de serotonina (substância responsável pela melhora do humor) e liberação de testosterona. Outro ponto importante é a autoestima mais elevada por conta da prática dos exercícios físicos. Com a pessoa se sentindo segura e independente, a tendência é levar essa confiança para a cama e aproveitar ao máximo.

(Com informações do Metrópoles)

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS