Notícias / Serviço

AÇÃO

Serviços médicos e de cidadania para moradores do Guamá e Icuí-Guajará neste domingo (13)

Haverá desde atendimentos na área da saúde até a emissão de documentos

sábado, 12/09/2020, 18:21 - Atualizado em 12/09/2020, 18:38 - Autor: Com informações da Agência Pará


| Marcelo Seabra/Ag. Pará

O Projeto Ter Saúde retomou, neste final de semana, as ações em quatro bairros da Região Metropolitana de Belém.

Neste sábado (12), a ação ocorreu nos bairros do Jurunas e Bengui, na capital. No domingo (13), a oferta de serviços continua nos bairros do Guamá, na Estação Cidadania, localizada na Avenida José Bonifácio, 2308, e no bairro Icuí-Guajará, em Ananindeua, na Escola La Salle, na Estrada Santa Fé, s/n (próximo à UIPP). As ações de saúde da Sespa no TerPaz são realizadas das 8h30 às 13h30.

Na manhã de hoje (12), moradores do bairro do Jurunas, em Belém, participaram da ação integrada promovida pelo Governo do Pará, que garantiu serviços de saúde e cidadania na Escola Estadual Camilo Salgado.

A ação contou com uma equipe multiprofissional, com 35 integrantes, mobilizando Sespa, TerPaz, Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), Fundação ParáPaz e Polícia Militar.

Segundo Alessandra Amaral, coordenadora da Sespa no TerPaz, o Projeto Ter Saúde tem como objetivo entrar nos territórios de atuação levando, além de saúde, dignidade e respeito, por meio do acesso a serviços e políticas públicas que a população necessita.

Foram oferecidos vários serviços, como atendimento médico com clínico geral, pediatra e ginecologista, regulação para exames complementares (nos casos necessários), triagem com verificação dos sinais vitais (pressão arterial, temperatura e glicemia), vacina contra Sarampo e H1N1, testes rápidos para Sífilis, Hepatite B e C e ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis) e entrega de kits para prevenção à Covid-19 e de higiene bucal.

CIDADANIA

A emissão de documentos de identidade foi outro serviço realizado. De acordo com o gerente de Rede Local da Seac, Murilo Ferreira, a procura pelo serviço foi grande.

"A Secretaria trabalha na articulação com as lideranças de redes locais, para que a população saiba quando vamos realizar a ação. Pela intensa procura, realizamos um agendamento prévio de 150 cédulas de identidade para evitar aglomeração", explicou.

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS