Notícias / Santarém

MISTÉRIO

Recém-nascida é abandonada dentro de mala no Pará

sexta-feira, 06/03/2020, 12:58 - Atualizado em 06/03/2020, 12:56 - Autor: Com informações do Debate Carajás


Polícia investiga se mulher que alegou aborto é a mãe da criança
Polícia investiga se mulher que alegou aborto é a mãe da criança | Reprodução

Uma criança recém-nascida foi encontrada dentro de uma mala jogada em um terreno na tarde da última quinta-feira (5), no município de Alenquer, oeste paraense. A menina foi achada por um pedreiro que trabalhava em uma obra ao lado do local onde a bebê foi deixada. 

O pedreiro, identificado como Alfredo Mota, percebeu que tinha uma criança no terreno após ouvir o choro da mesma. Assim que observou a mala, viu que havia uma menina enrolada em um lençol. A criança ainda estava com o cordão umbilical e a placenta. 

Alfredo acionou uma equipe da Polícia Militar e do Samu. A menina foi levada para o Hospital Municipal de Alenquer. A equipe que fez os primeiros atendimentos do bebê afirmou que o mesmo tinha marcas de ferradas de formigas pelo corpo. 

Os moradores da área relataram que ouviram o choro da criança na noite da última quarta-feira (4), mas pensaram que era um gato. “Quando vi aquela cena me deu aperto no coração. Espero que essa criança sobreviva”, disse emocionado o pedreiro que encontrou a menina. 

Investigação

Na última quinta-feira (5), uma mulher deu entrada no mesmo hospital para onde a criança foi levada. Na ocasião, ela chegou com sangramento. Ela e o companheiro afirmaram que a mesma teria sofrido um aborto espontâneo. Porém, a polícia está investigando se a mulher é a mãe do bebê abandonado. 

A polícia descobriu que há cerca de um mês, o casal estava morando em uma casa localizada próxima ao terreno onde a recém-nascida foi encontrada.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS