Notícias / Notícias Pará

CÁRCERE PRIVADO

Homem é preso após estuprar as filhas e engravidar 4 vezes uma delas no Marajó

sexta-feira, 08/11/2019, 12:32 - Atualizado em 08/11/2019, 12:32 - Autor: DOL


Ele mantinha a filha e os quatro filhos-netos em cárcere privado, não permitindo que a família tivesse qualquer tipo de contato com outras pessoas. Somente idas a igreja e a escola eram permitidos.
Ele mantinha a filha e os quatro filhos-netos em cárcere privado, não permitindo que a família tivesse qualquer tipo de contato com outras pessoas. Somente idas a igreja e a escola eram permitidos. | Divulgação/Polícia Civil

Nicolau Gibis Barrozo, de 63 anos, foi preso na última quarta-feira (6), após cometer vários estupros contras as duas filhas, em Melgaço, no Marajó. 

De acordo com a Polícia Civil, além dos estupros, Nicolau ainda teve quatro filhos-netos com uma das filhas. Ele foi preso na própria residência. E também cometia estupros contra uma das filhas-netas, uma menina de 13 anos. 

As investigação tiveram início após denúncias do Conselho Tutelar da região, que informaram que uma adolescente de 13 anos, sofria repetidos abusos sexuais.

Ainda segundo a PC, Nicolau cometia abusos sexuais contra duas filhas, que hoje tem 40 e 37 anos, desde que as duas eram crianças.

Em depoimento, uma delas informou ter conseguido fugir e mudar de cidade quando ainda tinha 14 anos, porém a mais velha continuou morando na mesma residência que o acusado, e sendo vítima do pai. Por conta dos abusos sexuais, a menina engravidou quatro vezes do próprio pai.

Ele mantinha a filha e os quatro filhos-netos em cárcere privado, não permitindo que a família tivesse qualquer tipo de contato com outras pessoas. Somente idas a igreja e a escola eram permitidos. 

A PC realizou a prisão preventiva do acusado. Ele foi encaminhado para uma delegacia de polícia e está a disposição da Justiça.

Em depoimento, Nicolau confessou os crimes e disse que convivia em união conjugal com sua filha mais velha, mas não confessou ter cometido abusos contra a adolescente de 13 anos.

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS