Notícias / Notícias Pará

IRREGULARIDADES

Benevides: MPPA pede interdição de fornecedora de água após bactéria detectada

terça-feira, 10/09/2019, 20:15 - Atualizado em 10/09/2019, 20:15 - Autor: DOL


Além da bactéria, outras irregularidades foram encontradas
Além da bactéria, outras irregularidades foram encontradas | Reprodução

Nesta terça-feira (10), o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) reiterou pedido de interdição da empresa fornecedora de água adicionada de sais, “Manancial”, após relatório da Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa) detectar a bactéria pseudomona.

Segundo a promotora de Justiça Regiane Ozanan, quem reiterou o pedido, a fornecedora, que funciona no município de Benevides, Região Metropolitana de Belém (RMB), estaria acumulando um histórico de infrações à legislação sanitária e de defesa do consumidor ao longo dos anos.

As recentes análises feitas pela Sespa, cujo resultado das amostras de água coletadas foi emitido no último dia 5 de setembro, mostram que a empresa mudou sua marca de “Manancial” para “Água Boa”, além de apontar para a presença da bactéria pseudomona.

Foram encontradas outras irregularidades também, com base em um outro relatório também emitido em setembro: falta de higienização, risco de contaminação, irregularidade no armazenamento da água, nas operações de limpeza e desinfecção das embalagens.

(Com informações do MPPA)

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS