Esporte / Mundo

Mundo

Dia de Draft! Conheça quem são os próximos astros da NBA

quinta-feira, 20/06/2019, 07:15 - Atualizado em 20/06/2019, 07:15 - Autor:


O Draft (escolha de jogadores universitários) deste ano da principal liga de basquete do mundo, a NBA, acontecerá na noite desta quinta-feira, à partir das 20h (horário de Brasília), em Nova York. Principal mecanismo de renovação do campeonato e escolha de futuros astros do basquete, o Draft é a grande chance das equipes garantirem os talentos que os levarão a títulos no futuro.

O Draft conta com duas rodadas, contendo 30 escolhas (número de franquias da liga) cada, totalizando 60 no total. Devido a trocas anteriores, algumas equipes terão direito a mais ou menos que duas escolhas. Os escolhidos vem em grande maioria do basquete universitário dos Estados Unidos, mas também podem ser oriundos de ligas de todo o mundo, incluindo a NBB, caso dos brasileiros Didi Louzada e Yago Mateus.

Confira quem são os principais prospectos deste Draft:

Os cinco principais prospectos do Draft 2019 da NBA (Foto: Arte/Gazeta Esportiva)

Zion, a grande promessa

O ala da Universidade de Duke Zion Williamson, de apenas 18 anos, é a grande promessa, não só deste Draft, mas da NBA nos últimos anos. Para diversos veículos norte-americanos, o atleta natural da Carolina do Sul é o principal prospecto da liga norte-americana desde LeBron James, escolhido em 2003.

Em apenas um ano em Duke, Zion somou médias de 22,6 pontos, 8,9 rebotes, 2,1 assistências e 1,8 tocos por partida. O camisa 1 teve 68% de aproveitamento nos arremessos, porém apenas 64% de aproveitamento nos lances livres.

A principal característica destoante do ala é sua capacidade física. Com quase 130kg, Zion é muito mais forte que a média dos adversários de sua posição, levando vantagem tanto para atacar o garrafão, quanto para defende-lo. Apesar do tamanho, o jogador também tem bom aproveitamento nas bolas de três, com 33.8% de acerto.

Com o destaque obtido na última temporada da NCAA, o basquete universitário dos Estados Unidos, Zion tem tudo para ser a primeira escolha do Draft, que pertence ao New Orleans Pelicans.

Os principais prospectos

Além de Zion, outros prospectos se destacam e devem causar impacto na NBA nas próximas temporadas. Também de Duke, o ala RJ Barrett foi o companheiro do camisa na equipe universitária e deverá ser uma das escolhas mais altas. O atleta de 19 anos acumula médias de 22,6 pontos, 7,6 assistências e 4,3 rebotes por jogo. Seu aproveitamento nos arremessos na temporada 2018/2019 do basquete universitário foi de 45,5%.

RJ Barrett em ação no basquete universitário (Foto: Reprodução/Duke)

Entre os armadores, Ja Morant, de Murray State, e Darlius Garland, de Vanderbilt, são os principais prospectos da posição. Morant disputou duas temporadas da NCAA; na segunda, obteve médias de 24,5 pontos, 5,7 rebotes e 10 assistências por jogo. Já Garland, em apenas uma temporada, tem médias mais modestas, com 16.2 pontos, 3,8 rebotes e 2,6 assistências por partida.

O ala Jarrett Culver, de Texas Tech, é outro grande prospecto desta classe. O camisa 23 jogou duas temporadas pela universidade e acumulou médias na última temporada de 18,5 pontos, 6,4 rebotes e 3,7 assistências por partida. Entre os pivôs, os mais bem cotados são Jaxson Hayes, de Texas, e o georgiano Goga Bitadze.

Os brasileiros no Draft

Dois brasileiros poderão figurar entre os 60 escolhidos deste Draft, o ala do Franca Didi Louzada e o armador do Paulistano Yago Mateus. Após uma temporada na NBB, Didi somou média de 9,7 pontos, 2,8 rebotes e 1 assistência por jogo, sendo um dos destaques da equipe do interior paulista no vice-campeonato desta temporada.

Yago, por sua vez, tem mais experiência no basquete profissional, com três temporadas disputadas pela equipe da capital paulista. O armador chegou a declarar para o Draft da última temporada, mas acabou retirando seu nome antes do evento. Na última temporada da NBB, o atleta de 20 anos somou médias de 13,2 pontos, 3,6 rebotes e 4,8 assistências por jogo.

Ordem de escolha

*A ordem de escolha pode mudar a qualquer momento antes e durante o Draft via trocas envolvendo atletas e posição de escolhas entre as franquias. Na última segunda-feira, a ESPN norte-americana reportou que o Los Angeles Lakers concluiu uma troca com o New Orleans Pelicans pelo pivô Anthony Davis que inclui a quarta escolha deste Draft; a NBA ainda não confirmou a informação.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS