Pará

Leandro Niehues assume o Paysandu mais uma vez este ano

quinta-feira, 13/06/2019, 08:43 - Atualizado em 13/06/2019, 08:43 - Autor:


A partida de sábado (15), contra o Luverdense-MT, pela 8ª rodada da Série C do Brasileiro, representa um novo desafio para o paranaense Leandro Niehues. O auxiliar técnico permanente do Paysandu, de 46 anos, deverá estar no comando técnico do Paysandu pela terceira vez, na temporada, oportunidade em que buscará sua primeira vitória na função. Nas duas partidas em que esteve à beira do gramado, contra o Clube do Remo, pelo Campeonato Paraense, e Internacional-RS, pela Copa do Brasil, o técnico “tampão” obteve um empate (1 a 1) e sofreu uma derrota (1 a 0), respectivamente.


Diferente das vezes anteriores, quando cobriu as saídas dos técnicos João Brigatti e Léo Condé, agora, o treinador interino substituirá Hélio dos Anjos, que, desde que chegou à Curuzu, já havia descartada a sua presença na partida. O comandante bicolor viaja na madrugada de amanhã para Belo Horizonte, capital mineira, onde acompanhará o casamento do filho Guilherme dos Anjos, um de seus auxiliares no clube. Hélio já deverá estar em Belém na segunda-feira para reassumir o comando do elenco.


É possível até que o Papão tenha, ao invés de um, dois “treinadores” à beira do gramado, visto que o auxiliar Marcelo Rocha, trazido por Hélio para o Papão, é homem de confiança do treinador. Mas, a direção efetiva da equipe deverá ficar com Niehues, em função do maior conhecimento que tem do grupo de jogadores. Nas vezes em que assumiu o cargo, o auxiliar técnico da casa implantou mudanças na equipe. Desta vez, porém, é possível que antes do embarque para a região Sudeste, Hélio já deixe a formação bicolor formatada para entrar em campo.


SEM PRETENSÃO


Embora já tenha comandado outras equipes como treinador, Niehues já afirmou, por diversas vezes, que não tem a pretensão de ser efetivado na direção do Papão. “Continuo com esse desejo e muito feliz nessa função de auxiliar-técnico”, afirmou. “Isso é muito claro na minha cabeça”, ratificou o auxiliar. O treinador ainda deve comandar, como aconteceu ontem à tarde, na Curuzu, mais um treinamento antes de viajar junto com o filho para a capital mineira.


Mudanças com o selo “dos Anjos”


O técnico Hélio dos Anjos começou a aplicar, ontem, na Curuzu, suas impressões digitais ao time do Paysandu que deverá enfrentar o Luverdense-MT. Depois de uma folga pela manhã, o elenco do Papão fez no período da tarde um treino com bola, quando o treinador começou a esboçar a equipe que deixará montada para a partida do próximo sábado (15). A composição considerada titular apresentou algumas novidades. A principal delas, sem dúvida, relacionada ao setor de defesa com a saída do zagueiro Victor Oliveira, um dos jogadores que mais atuou pelo time até aqui - 22 apresentações.


O zagueiro Micael, que não pôde enfrentar o Atlético-AC, na rodada passada da Série C do Brasileiro por estar suspenso, teve como companheiro de zaga Perema, que parece ter conquistado a confiança do técnico com a atuação que teve em Rio Branco, no Acre. Mas, as novidades foram além. Não na defesa, mas nos demais compartimentos do time: meio de campo e ataque. O time principal teve a seguinte formação: Mota; Tony, Micael, Perema e Bruno Collaço; Anderson Uchôa, Leandro Lima e Tiago Luís; Diego Rosa, Nicolas e Vinícius Leite.


Na primeira parte da atividade, realizada em apenas parte do gramado, o treinador fez duas mudanças, trocando Tiago Luís e Nicolas por Pimentinha e Paulo Rangel, respectivamente. Mas, quando passou a utilizar o gramado em sua extensão completa, o treinador mandou a campo a formação anunciada acima.


TIME RESERVA


O time reserva teve Paulo Ricardo; Willyam, Caíque Oliveira, Victor Oliveira e Diego Matos; Jhonhy Douglas, Thiago Primão e Alan Calbergue; Pimentinha, Elielton e Paulo Rangel.


(Nildo Lima/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS