CONTOS

Caso com ator da Globo e fetiches com fezes: ex-prostituta anã lança livro

domingo, 20/09/2020, 09:03 - Atualizado em 20/09/2020, 09:03 - Autor: Com informações de IG e Metrópoles


|

Quando ainda garota de programa, Lia Regina ficou conhecida como Dafne Anãzinha. Em um livro recém-lançado, ela conta como foi a vida antes, durante e depois da prostituição. A Pequena Notável Dafne Anãzinha, disponível no site da Amazon, contém histórias tristes, quentes (sexualmente falando), engraçadas e esquisitas.

Deficiência, nanismo, abuso sexual na infância, assédio moral, preconceito, rejeição, sofrimento, depressão profunda, internação, prostituição, fama e, finalmente, o encontro do amor. Esse é o enredo da vida de Lia Regina.

“O livro foi escrito sem intenção de ser uma leitura cansativa, mas algo para se tornar divertido. Você pode se emocionar, ficar com raiva ou até mesmo cansar de tanto rir”, diz a autora, que tem 1m30 de altura, fazendo jus ao apelido que usava quando ainda era garota de programa. “Escrevi para as pessoas saberem um pouco da minha vida, do meu passado. Pode ajudar muita gente que sofre com preconceito, incentivar a superar algumas barreiras. Superar limites”, completa Lia Regina.

A autora está fora da prostituição há quatro anos. Na obra, ela conta um pouco sobre a infância sofrida – ela foi abusada pelo pai –, a relação ruim com sua família e o frequente bullying no colégio pelo seu tamanho.

A Pequena Notável Dafne Anãzinha

Antes de virar garota de programa, Lia Regina se relacionou com 59 homens. Ela escreve, com detalhes sexuais, inclusive, como foram alguns desses casos. A maioria com preconceito. Após ser internada para tratar uma depressão profunda, ela decidiu se tornar uma prostituta.

Dafne conta que dos mais de 600 clientes que teve, a maioria era de homens casados e infelizes no casamento. “Eram pessoas normais, que você olha no mercado e não pensa que na cama a pessoa faz coisas para se satisfazer de formas loucas. A maioria não fazia em casa porque as esposas não aceitavam certos tipos de fetiches. Uma vez um cliente me pediu para defecar em um prato para ele comer. Isso foi a coisa mais inusitada que me pediram”, conta. 

Lia e marido

Lia conheceu o marido em um programa, mas foi amor à primeira vista Arquivo pessoal/Lia Regina

Em seu momento de fama no passado, Lia chegou a participar de alguns programas de televisão, como Pânico na TV, The Noite e Programa do Ratinho.

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS