ARQUEOLOGIA

Pesquisadores descobrem na Argentina dinossauro gigante de mais de 200 milhões de anos

POSTADO EM: Segunda-Feira, 09/07/2018, 22:34:19
ATUALIZADO EM: 09/07/2018, 23:47:25

zoom_out_map
Reprodução

Foi descoberto na Argentina, por uma equipe de pesquisadores, restos de uma espécie de dinossauro gigante, tendo mais de 200 milhões de anos. 

A espécie foi batizada de 'Ingenia prima', tem três vezes o tamanho dos maiores dinossauros do Triássico (primeiro período da Era Mesozoica), foi encontrada em um sítio de Baldes de Leyes, na província de San Juan, em Buenos Aires. 

"Quando o encontramos, percebemos que era um pouco diferente. Encontramos uma forma, a primeira gigante, entre todos os dinossauros. Essa é a novidade", afirma a pesquisadore, Cecilia Apaldetti. 

Segundo os pesquisadores, 'Ingenia prima', é o primeiro dinossauro a atingir o gigantismo. O exemplar encontrado tem entre seis a sete metros, estava em desenvolvimento, mas acreditam que essa espécie tenha alcançado entre oito e dez metros, pesando aproximadamente 10 toneladas. 

(Com informações do UOL)



COMENTÁRIOS mode_comment