CIÊNCIAS

Golfinho morre engasgado ao não conseguir engolir polvo

POSTADO EM: Quarta-Feira, 17/01/2018, 09:00:03
ATUALIZADO EM: 17/01/2018, 09:20:40

zoom_out_map
Marine Mammal Science

Golfinho Gilligan morreu sufocado (Foto: Divulgação/ Marine Mammal Science)

Aquela expressão sobre "ter os olhos maiores do que a boca" acabou em tragédia para um jovem golfinho que recebeu o nome de Gilligan: encontrado morto em uma praia na cidade australiana de Perth, ele engasgou ao não conseguir engolir um exemplar grande de polvo — essa seria a primeira vez que um mamífero marinho teve esse tipo de morte identificada por cientistas. 

Como o golfinho era considerado jovem e saudável, os pesquisadores ficaram curiosos para entender se outro fator contribuiu para a morte do animal. Após realizar a autópsia, especialistas da Murdoch University concluíram que, de fato, a gula e o azar foram os principais responsáveis pela causa mortis: com mais de dois quilos, o polvo agarrou a laringe do golfinho com um tentáculo e impediu que o mamífero conseguisse respirar. 

Leia mais: 
+ Tubarão raríssimo é encontrado em águas profundas de Taiwan
+ Nova espécie de lagarto é encontrada em estômago de dinossauro

Os pesquisadores australianos afirmam que, apesar de ser comum que golfinhos se alimentem de polvos, eles costumam dividir esses moluscos marinhos em pedaços menores — os golfinhos conseguem "aumentar" suas gargantas para engolir pedaços maiores de comida e continuar respirando.

No caso de Gilligan, no entanto, o tamanho avantajado do polvo foi determinante para que ele não conseguisse engolir sua presa completamente. O mundo animal, afinal de contas, não é para principiantes. 

Curte o conteúdo da GALILEU? Tem mais de onde ele veio: baixe o app da Globo Mais para ver reportagens exclusivas e ficar por dentro de todas as publicações da Editora Globo. Você também pode assinar a revista, por R$ 4,90 e baixar o app da GALILEU.

 

 

Fonte: Revista Galileu



COMENTÁRIOS mode_comment