X

Destaques no DOL

VIOLÊNCIA

Vigiliante é executado no Distrito Industrial

POSTADO EM: Sábado, 09/02/2019, 22:18:38
ATUALIZADO EM: 09/02/2019, 22:18:38

zoom_out_map
Antônio Melo/Diário do Pará

Francisco Alves Pereira era um trabalhador incansável, ao 63 anos. O sustento da família. O idoso ganhava a vida de modo informal, fazendo “bico” como vigilante em um supermercado localizado na avenida Zacarias de Assunção, no bairro Distrito Industrial em Ananindeua.

A vítima estava de serviço quando foi morta por homens encapuzados que chegaram em um carro preto. A informação que testemunhas repassaram para os policiais militares do 29º Batalhão era de que os criminosos iriam executar um mototaxista que estava em frente ao local de trabalho do vigilante, que teria tentado intervir e acabou morto com um único tiro. O crime foi registrado por volta de 1h30 da madrugada deste sábado (9).

Segundo os peritos criminais, que realizaram os levantamentos de local de crime, Francisco recebeu o tiro que acertou no braço e a bala transfixou, atingindo-lhes pontos vitais do corpo. A suspeita dos peritos é de que a bala tenha atingido o pulmão da vítima.

Familiares do vigilante ficaram desesperados ao vê-lo sem vida na calçada do estabelecimento comercial em que ele trabalhava. Abalados, eles preferiram não falar com a imprensa. Policiais civis da Divisão de Homicídios estiveram no local levantando informações que poderão ajudar no trabalho de investigação.

No local onde o crime foi registrado, há muitos estabelecimentos comerciais, por isso, várias câmeras de segurança podem ter registrado o assassinato e, a fuga dos criminosos. Policiais militares do 29º Batalhão fizeram buscas pelo bairro com o intuito de encontrar o mototaxista que a princípio seria o alvo dos assassinos, mas, até o fechamento dessa edição, ele ainda não havia sido encontrado.

A delegada Maria Lúcia deve instaurar o inquérito que vai apurar a morte do vigilante Francisco Alves Pereira, que morreu tentando impedir que outra vida fosse retirada.

(Paulo Magno/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment

EXIBIR COMENTÁRIOS

Fim da consulta. Deseja realizar uma busca? Clique Aqui

Aguarde, carregando mais notícias...