X

Destaques no DOL

EXECUÇÃO

Mototaxista é morto a tiros em frente de oficina na Sacramenta

POSTADO EM: Segunda-Feira, 11/06/2018, 08:01:23
ATUALIZADO EM: 11/06/2018, 08:01:23

zoom_out_map
Divulgação

Um mototaxista, sem nenhuma passagem pela polícia, foi executado com quatro tiros quando estava em frente a uma oficina de conserto de motos na avenida Senador Lemos, próximo à passagem Mucajás, bairro da Sacramenta, no sábado à tarde (09).

Quatro tiros foram ouvidos pelos moradores da área. O mototaxista Robson Nascimento Avelar, de 46 anos, morreu na hora. Ele tinha saído de casa, na avenida Senador Lemos, para comprar maniçoba para a mãe e, no caminho, foi executado a tiros pelo carona de um motociclista.

O crime chamou a atenção dos moradores que ficaram estarrecidos com a cena de violência na cidade. Os primeiros levantamentos são conta os assassinos já tinham passado diversas vezes na frente da casa da vítima. “Como a moto que ele trabalhava estava no pátio, os criminosos tiveram a certeza de que Robson estava em casa e so esperaram o melhor momento para praticar o crime”, informou um colega da vítima.

As atenções da polícia se concentram na motivação do crime e a ação dos assassinos que podem ter sido gravadas por câmeras de segurança tanto de estabelecimentos comerciais, casas como um do Ciop na esquina da avenida Senador Lemos com a avenida Doutor Freitas.

Uma testemunha ocular do crime disse que Robson Avelar estava na frente de uma oficina quando os assassinos chegaram chamando pelo nome. Quando ele virou para atender, recebeu os disparos agrupados, o que demonstra que o homem que atirou sabia manusear nem uma arma de fogo.

Amigos e familiares confirmaram que a vítima era de uma família onde todos são evangélicos e não tinha nenhum envolvimento com qualquer ato ilícito, fato confirmado pelos policiais que atenderam a ocorrência após chegar nos sistemas o nome da vítima.

Uma cápsula de pistola ponto 40 foi achada perto do corpo da vítima. Familiares estavam inconsoláveis e as causas da morte ainda estão sendo investigadas pela polícia, que trabalha com uma informação primordial.

RELACIONAMENTO

A Polícia Civil já tem informações que Robson Nascimento Avelar teria sido ameaçado de morte nos últimos dias em duas ocasiões, inclusive na presença de testemunhas, e tudo estaria ligado a um suposto relacionamento da vítima com uma mulher cujo nome já está em poder da polícia.

(JR Avelar/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment

EXIBIR COMENTÁRIOS

Fim da consulta. Deseja realizar uma busca? Clique Aqui

Aguarde, carregando mais notícias...