HOMICÍDIO

Mulher é executada por engano durante atentado na Sacramenta

POSTADO EM: Quarta-Feira, 14/02/2018, 10:03:49
ATUALIZADO EM: 14/02/2018, 10:39:48

zoom_out_map
Wagner Almeida/Diário do Pará

Um mulher foi executada a tiros e outra pessoa foi ferida na madrugada desta quarta-feira (14), enquanto bebiam com um grupo de amigos no bairro da Sacramenta, em Belém. Segundo a Polícia Civil, a vítima fatal, Eliane Pena Dantas, de 38 anos, não era o alvo do ataque, mas acabou sendo morta.

O caso ocorreu no canal da travessa Pirajá, próximo à passagem A. Um grupo de pessoas bebia encostado na mureta quando foi atacado por dois homens em uma motocicleta, que efetuaram três disparos. 

Eliane foi alvejada e morreu no local. O companheiro dela, que utilizava uma tornozeleira de monitoramento eletrônico do Sistema Penitenciário, teve um ferimento no braço, mas conseguiu fugir. Ele foi socorrido por moradores e encaminhado ao Pronto Socorro Mário Pinotti, na travessa 14 de Março.

Uma testemunha afirmou que Eliane era envolvida em pequenos roubos, mas que não era violenta, e por isso acreditava que foi morta por engano. Policiais civis também afirmaram que o verdadeiro alvo do ataque era o companheiro dela, que foi ferido.

A polícia irá buscar imagens de câmeras de segurança pela área para tentar identificar os atiradores. A polícia ainda acredita que eles possam estar envolvidos em outros crimes ocorridos na mesma noite, também no bairro.

(Com informações de Marcos Aleixo/RBA TV)



COMENTÁRIOS mode_comment