“SUÍNO SAUDÁVEL”

Operação apreende 100 quilos de carne suína em venda clandestina

POSTADO EM: Sábado, 30/12/2017, 15:00:27
ATUALIZADO EM: 30/12/2017, 15:14:46

zoom_out_map
Reprodução/Polícia Civil

Nesta sexta-feira (29), a Polícia Civil, a Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde e a Secretaria Municipal de Meio-Ambiente realizaram a operação “Suíno Saudável” que terminou na apreensão de carne suína e na repressão da venda clandestina do produto, em Soure, na Ilha do Marajó.

Ao todo, foram apreendidos quase 100 quilos de carne suína em cinco pontos de venda clandestinos, todos localizados no bairro da Macaxeira, em Soure. Todos os vendedores irregulares já tinham sido notificados e participado de trabalhos voltado à conscientização.

“Eles foram orientados há meses a se adequarem às normas sanitárias exigidas em lei, porém, o não cumprimento das determinações legais ocasionou a apreensão e descarte imediato do produto”, explica o delegado Rodrigo Amorim, titular da Superintendência Regional da Polícia Civil em Soure.

As carnes ficavam expostas, penduradas em árvores, durante as vendas (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

A ação teve por meta cumprir a lei 1937/80 que proíbe o abate de carne fresca de bovinos, suínos e caprinos abatidos clandestinamente e sem a aprovação da fiscalização sanitária. “A venda deste tipo de alimento sem fiscalização coloca em risco a saúde da população, pois não tem como determinar a inocuidade sanitária do que está sendo exposto”, ressalta Amorim.

Todas as carnes apreendidas foram incineradas. A Vigilância Sanitária orienta que os interessados em vender carne suína na região deve procurar o referido órgão para passar pelos procedimentos cabíveis, principalmente de como exercer a atividade.

(Com informações da Polícia Civil)

LEIA TAMBÉM



COMENTÁRIOS mode_comment