ESTRELA AZUL

Noite dos campeões da culinária local

POSTADO EM: Quarta-Feira, 22/05/2019, 19:18:35
ATUALIZADO EM: 22/05/2019, 19:47:38

zoom_out_map
Marco Santos/Diário do Pará

Hoje (22), a partir das 19h, serão conhecidos os grandes vencedores da terceira edição do “Troféu Estrela Azul”, em uma grande festa na Fábrica 242. Sete chefs de cozinha e 114 estabelecimentos gastronômicos da capital estão no páreo. A premiação reconhece os estabelecimentos que elaboram e servem a melhor comida e bebida. 

Receberão o Troféu Estrela Azul os primeiros colocados em 20 categorias. Os segundos e terceiros lugares recebem certificados e todos os finalistas ganham um selo de participação. A posição de cada participante no ranking só será revelada na hora da premiação. 

Para Francisca de Oliveira, gerente da Decanter, que concorre na categoria “Vinho”, a participação inédita é uma experiência incrível. “Podemos mostrar nosso espaço, nossa gastronomia e vinhos. Foi superpositivo, pois podemos ter novos clientes, oferecer às pessoas um cardápio completo com um valor justo e que é acessível a todos”, afirmou. 

Alexandre Barros, proprietário do restaurante “Brasileirinho”, destaca que seu estabelecimento participou de todas as três edições do troféu e sempre esteve entre os finalistas. Na edição de 2018, o restaurante ficou na segunda colocação na categoria “Regional”, empatado com o primeiro lugar. “Tanto a premiação como o festival que ocorre no segundo semestre são de suma importância para o setor, pois fomenta e movimenta o setor gastronômico de Belém, mobilizando os empresários e os clientes”, disse. Barros acredita que o projeto estimula os donos de restaurante “que se mantêm em constante renovação, se reinventando para ficar sempre no andar de cima na preferência dos clientes”, completou. 

Nilton Lobato, gerente comercial do DIÁRIO e presidente da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil – Seção Pará (ADVB-PA), ressalta que o projeto é um grande exemplo de exaltação e valorização da gastronomia do Pará. “O melhor disso tudo é que a escolha é realizada por pessoas que apreciam a gastronomia e com o apoio dos nossos internautas. Desta forma, o Diário acredita que presta um serviço para a nossa sociedade e para os empresários do setor”, ressaltou. 

Segundo Nilton, a premiação estimula o consumo e a movimentação da economia do Estado. “Dando continuidade ao projeto, no segundo semestre, teremos mais uma rodada do Festival Gastronômico Estrela Azul, aguardado ansiosamente a cada ano pelo público e proprietários de restaurante, movimentando a cidade como um todo”.

O EVENTO

l A entrega do troféu coroa mais uma edição do projeto “Passaporte Belém, o Melhor da Gastronomia”, criado em 2014 para oferecer um guia sobre o melhor da culinária local, a fim de estimular a integração de moradores e visitantes com a cidade e suas atrações.

l Em seguida foi elaborado um ranking gastronômico, no qual jurados indicam seus estabelecimentos favoritos em 20 categorias, além do melhor chef de cozinha.

l Os finalistas foram divulgados em cinco fascículos encartados gratuitamente no DIÁRIO. Os internautas puderam votar no DOL.

l Após a entrega do Troféu será lançado o guia de bolso do passaporte com informações de todos os estabelecimentos indicados e um destaque especial para os campeões.

l Para fechar o ano e o projeto, no segundo semestre, em outubro e novembro, os restaurantes premiados com o Troféu Estrela Azul participam do “Festival Estrela Azul”, onde ofertam um cardápio desenvolvido por seus conceituados chefs, exclusivamente para o evento. 

(Luiz Flávio/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment