ACIDENTE

Testemunhas relembram desespero em queda de avião: ‘um estrondo muito alto’

POSTADO EM: Domingo, 19/05/2019, 07:38:29
ATUALIZADO EM: 19/05/2019, 07:38:29

zoom_out_map
Ney Marcondes/Diário do Pará

Um avião monomotor caiu sobre uma residência no conjunto Roraima Amapá, no bairro do Souza, em Belém, deixando uma pessoa morta e três feridas. O acidente aconteceu por volta do meio-dia e vinte de ontem (18). Todas as vítimas estavam a bordo da aeronave. O piloto, identificado como Paulo Marinho, morreu no local. Na residência atingida, quatro pessoas estavam na hora. Ninguém se feriu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, logo após o acidente, quatro equipes se deslocaram até o local para atender as possíveis vítimas. “Na chegada ao local, uma guarnição nossa resgatou uma das vítimas, que se encontrava com vida. Ao todo são quatro vítimas, sendo uma fatal”, explicou o tenente coronel Olimpo.

No interior do imóvel, vários cômodos foram atingidos. Um dos ocupantes é o jogador de futebol Wallace Pena. Ele que estava na companhia da namorada e de familiares, conta o desespero ao ver a cena.

“Eu costumo assistir jogo no quarto, mas hoje (sábado) resolvi acompanhar minha namorada em outro compartimento. De repente ouvi um estrondo muito alto e, quando olho, vi peças do avião dentro de casa. Só tentei ajudar a minha namorada e os filhos dela. Graças a deus foram só ferimentos leves”, lembra.

GALERIA: VEJA MAIS IMAGENS DO ACIDENTE

De acordo com o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), um amplo trabalho de perícia será feito após a conclusão do trabalho do Corpo de Bombeiros de resgate das vítimas.

“Só após isso nós poderemos dar início ao nosso trabalho para tentar identificar os fatores que levaram a esse acidente. Vamos colher e analisar todas as evidências, indícios, retirar algumas peças para os laudos técnicos e fazer todas as análises”, explicou o tenente coronel Cláudio.

Informações sobre as condições de voo, documentação e rotas ainda serão levantadas, mas foi informado que se trata de um avião monomotor prefixo PRDVR, com capacidade para seis passageiros, mas, no momento do acidente portava quatro, sendo dois mecânicos, um piloto e um tripulante. As vítimas foram identificadas como Paulo Marinho, o único a vir a óbito, que é o piloto da aeronave; Delvane Silva Rodrigues, José Ramos André e Antônio Carlos Fasão.

ACIDENTE

O acidente impressionou várias pessoas que assistiram a queda. Uma delas disse ter visto o monomotor tentando pousar em uma área verde da Polícia Militar e posteriormente desviado até o local da batida.

“Eu estava almoçando no quartel da Polícia. Vi a aeronave rondando para tentar o pouso. Como não conseguiram, levantaram novamente e bateram em uma árvore dentro do terreno da Aeronáutica, até o piloto perder o controle e caiu sobre a casa”, relata a senhora Denise Albuquerque. O laudo com as causas do acidente deve ficar pronto em 30 dias.

 

(Luiz Guilherme Ramos/Diário do Pará)

 



COMENTÁRIOS mode_comment