SEU BOLSO

Preço do litro do açaí fecha o ano de 2018 mais caro

POSTADO EM: Sábado, 19/01/2019, 08:05:28
ATUALIZADO EM: 19/01/2019, 08:05:28

zoom_out_map
Ney Marcondes/Diário do Pará

O preço do litro de açaí ficou mais caro em Belém no ano de 2018. É o que mostra o levantamento feito pelo Dieese/PA em diferentes locais de vendas, envolvendo feiras, pontos de vendas e supermercados da Grande Belém.

O açaí do tipo médio, por exemplo, que é o mais consumido pela população, iniciou o ano de 2018 custando em média a R$ 16,41. Em novembro foi comercializado a R$ 13,71 e fechou dezembro sendo vendido em média a R$ 14,80, com uma alta de 7,93% em relação ao mês anterior. No período de janeiro a dezembro do ano passado, o preço do litro do tipo médio registrou um crescimento acumulado de 0,23%. A inflação do mesmo período foi de 3,43% (INPC/IBGE). 

Os preços são muito diferenciados em função dos vários locais de vendas. Na última semana de dezembro/2018 o litro do médio foi encontrado com os seguintes preços: nas feiras livres o menor preço foi de R$ 10 e o maior R$ 14 e nos supermercados o menor preço foi de R$ 14 e o maior R$ 18. 

GROSSO

Já o preço do litro de açaí do tipo grosso também está em alta, segundo o Dieese/PA. Em dezembro o mesmo foi comercializado em média a R$ 22,22 com um reajuste de 5,18% em relação a novembro. No período de janeiro a dezembro a alta acumulada do preço alcançou 6,665%.

O litro do tipo grosso foi encontrado na última semana de dezembro com os seguintes preços: nas feiras livres o menor preço foi de R$ 18 e o maior a R$ 20 e nos supermercados este tipo de açaí foi comercializado em média a R$ 22 o litro.

(Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment