ESTÁDIO OLÍMPICO

Sem coleta, lixo se acumula no estacionamento do Mangueirão

POSTADO EM: Sexta-Feira, 11/01/2019, 20:31:27
ATUALIZADO EM: 11/01/2019, 20:50:12

zoom_out_map
Via Whatsapp

Moradores do bairro Mangueirão, em Belém, enfrentam problemas ao terem que conviver com pilhas de lixo amontoadas pelo terreno do Estádio Olímpico do Pará. A coleta não é feita há mais de 15 dias e a situação tornou-se insustentável, denunciam.

Sacos de lixos rasgados por cães e urubus espalham todo o tipo de resíduo no espaço, que fica próximo ao terceiro portão do estacionamento. Segundo a denúncia, é preciso passar tapando as narinas devido ao forte cheiro que exala no local.

Caos na Coleta de Lixo em Belém e Silêncio de Zenaldo

A situação no Mangueirão não é um fato isolado na capital. Boa parte dos bairros do subúrbio belenense não possui coleta regular de lixo devido a falhas nos contratos de empresas e falta de repasse por parte da prefeitura municipal de Belém (PMB).

No final do ano passado os trabalhadores de duas das três empresas que são contratadas pela prefeitura para fazer a limpeza da cidade paralisaram as atividades. Os moradores foram obrigados a conviver com montanhas de lixo desde então.

Os trabalhadores exigiam o direito de receber os salários atrasados. A empresa contratada informa que a responsabilidade é da prefeitura que não faz os repasses. A prefeitura diz que vai checar a situação. Enquanto isso a situação vai ficando cada vez pior.

A reportagem enviou um pedido de explicações sobre a denúncia do acúmulo de lixo no Mangueirão à PMB, no início da noite, e aguarda um posicionamento.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment