POLÊMICA

Cinema rebate falta de acessibilidade denunciada por mãe de jovem cadeirante

POSTADO EM: Terça-Feira, 10/07/2018, 19:48:39
ATUALIZADO EM: 11/07/2018, 13:38:11

zoom_out_map
Reprodução/Facebook

O que era pra ser um momento de lazer e diversão entre mãe e filha na manhã da última segunda-feira (9) em um cinema de Belém, tornou-se uma situação vexatória para elas.

Arianne Assunção relatou que levou a filha, que é cadeirante, para uma das salas do Moviecom no Shopping Pátio Belém, no bairro da Batista Campos, mas ao tentar comprar os ingressos, ela foi avisada que a filha, que também tem problemas na vista, teria que assistir ao filme sozinha na primeira fila, pois a única poltrona que faltava ser ocupada era do outro lado da sala. 

"Minha filha foi humilhada, de um lugar que deveria ter inclusão social e acessibilidade", desabafou Arianne. Ela fez uma postagem em seu perfil do Facebook, onde divulgou fotos de sua filha esperando por 30 minutos na porta da sala do cinema, e comenta da frustração da filha em não conseguir assistir ao filme. Até a noite desta terça-feira (10) a publicação já tinha cerca de seis mil compartilhamentos. 

 

 

Moviecom rebate acusações da mãe

Em nota, a Moviecom informou seguir estritamente todas as normas e diretrizes em benefício dos portadores de necessidades especiais, possuindo espaço adequado para o recebimento de cadeirantes e seus acompanhantes. A notícia que vem sendo veiculada acerca de “humilhações” a uma jovem e impossibilidade de receber pessoa portadora de necessidades especiais não se mostra verdadeira.

A Moviecom disse ainda, que zela pela segurança de todos os seus clientes e que, diante da impossibilidade de acomodar a acompanhante da menor em assento ao lado e do risco para a própria acompanhante e demais clientes em se sentar no chão ao lado da filha, foi sugerida poltrona em outra localidade. Com a negativa, tentou-se oferecer novos ingressos para outras sessões, mas tal sugestão também foi rejeitada pela cliente. A Moviecom reitera seu compromisso com as pessoas portadoras de necessidades especiais, pois possui um projeto de sessão inclusiva chamado “MoviecomTodos”, onde a proposta é de juntar pessoas portadoras de necessidades especiais e fazer com que desfrutem de uma sessão exclusiva.

O Shopping Pátio Belém informou que está acompanhando, juntamente com a administração do Moviecom, o caso. "O Pátio Belém e a rede Moviecom ressaltam que priorizam a acessibilidade e repudiam qualquer forma de preconceito", afirmou em nota.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment