CAOS EM BELÉM

Advogada morre após ser baleada na cabeça quando deixava o filho na faculdade

POSTADO EM: Sábado, 05/05/2018, 11:48:15
ATUALIZADO EM: 05/05/2018, 12:49:38

zoom_out_map
Reprodução

A advogada Alessandra Teixeira Romariz Vasconcelos, de 44 anos, foi mais uma vítima da violência que se instalou na Região Metropolitana de Belém. Ela foi baleada na cabeça, no início da noite da última sexta-feira (4), quando ia deixar seu filho na faculdade.

Alessandra, o marido e o filho estavam no veículo da família. Ao saírem de um posto de combustível, eles perceberam que estavam sendo perseguidos por um carro preto na avenida Júlio César entre as avenidas Pedro Álvares Cabral e Almirante Barroso. Duas motocicletas também foram vistas pela família atrás do carro.

Segundo a Polícia Civil, durante a perseguição houve tiros. Uma bala entrou pelo vidro traseiro e atingiu Alessandra na cabeça, que estava no banco do carona. A advogada ainda chegou a ser socorrida para um hospital particular de Belém, mas não resistiu.

O crime está sendo investigado pela Divisão de Homicídios. (Foto: reprodução)

A Polícia Civil acredita que a motivação do crime não está relacionada ao exercício da profissão da vítima e de seu marido, que também é advogado. A PC acredita que o crime tenha sido motivado por um eventual desentendimento no trânsito.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a perda e criticaram a ausência do Governo do Estado diante da violência.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment