SAÚDE

Jovem pode morrer sem atendimento em UPA

POSTADO EM: Segunda-Feira, 16/04/2018, 08:24:09
ATUALIZADO EM: 16/04/2018, 08:24:09

zoom_out_map
Celso Rodrigues/Diário do Pará

A jovem Ellen Evangelista, de 33 anos, está em estado grave na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Nova. A paciente deu entrada na unidade hospitalar na manhã do último sábado (14) com suspeita de embolia pulmonar, mas até a noite de ontem ainda não havia realizado os exames.

Segundo a mãe, Rosinéa Costa, ao chegar à UPA, a jovem piorou o quadro de trombose em uma das pernas. Precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas até o momento não conseguiu realizar o exame de ultrassom. Um dia antes do atendimento na Cidade Nova, a família de Ellen a levou para a UPA de Icoaraci, mas ela teria sido diagnosticada com chikungunya e a medicação receitada pelo médico acabou agravando o quadro da paciente. “Estamos com muito medo de ela morrer”, disse Rosinéa.

Além de não conseguir fazer a ultrassom, Ellen também ainda não conseguiu leito no Hospital João deBarros Barreto, para onde precisa ser removida com urgência. O DIÁRIO tentou falar com a Secretaria de Saúde do município (Sesau), mas não conseguiu. 

(Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment