NÃO ERA BEM ASSIM...

Susipe mentiu: todos os 21 mortos em presídio eram detentos

POSTADO EM: Sexta-Feira, 13/04/2018, 08:56:52
ATUALIZADO EM: 13/04/2018, 12:27:55

zoom_out_map
Reprodução

A identificação de 21 dos mortos na tentativa de fuga ocorrida na última terça-feira (10), no Centro de Recuperação Penitenciária do Pará (CRPP III), coloca em xeque a versão divulgada pelo Governo do Estado desde o ocorrido. O suposto grupo externo que havia dado apoio a ação foi identificado como de presos da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel (CPASI), pertencente ao mesmo complexo penitenciário, levantando suspeita sobre ação ter sido apenas interna.

Uma reportagem publicada no site da Folha de S. Paulo na última quinta-feira (11), mostra que os integrantes do suposto grupo invasor eram detentos da colônia penal, que trabalha com o regime semi-aberto, e que teriam morrido dentro do próprio espaço, e não em uma ação externa para tentar resgatar presos do CRPP III. 



A reportagem conta ainda com depoimentos de mães de presos e da advogada Ivanilda Pontes, do conselho estadual penitenciário, afirmando que agentes presentes na ação contestaram a versão, afirmando que não haviam participado do ataque ao presídio e que os próprios internos explodiram o muro do local.

Questionada pelo DOL, a Susipe manteve a versão de que houve apoio externo na tentativa de fuga. Por telefone, o órgão afirmou que os envolvidos foram classificados apenas como "grupo externo" por não terem sido identificados até então. Após o reconhecimento dos corpos, foram divulgados como presos do CPASI, em nota divulgada às 20h17, mas que ainda assim continuavam como "apoio externo", já que participaram da ação pelo lado de fora do CRPP III.

ATENÇÃO! VÍDEO COM IMAGENS FORTES!


(DOL)

LEIA TAMBÉM



COMENTÁRIOS mode_comment