SEU BOLSO

Belém tem uma das cestas básicas mais baratas do País

POSTADO EM: Sexta-Feira, 06/04/2018, 09:14:44
ATUALIZADO EM: 06/04/2018, 09:14:44

zoom_out_map
Mauro Ângelo/Diário do Pará

Em março, a cesta básica ficou mais barata em 12 capitais do País, incluindo Belém, que teve uma das maiores quedas no preço dos alimentos. De acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, a cidade com maior queda foi Salvador (-4,07%), seguida por Recife (-3,82%) e Belém (-3,24%). As informações são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e foram divulgadas ontem (5). O valor da cesta na capital paraense está custando, em média, R$ 367,6. 

Em Salvador, cidade com menores preços, o valor médio da cesta básica em março era de R$ 322,88, e em seguida veio Aracaju, onde o preço era cerca de R$ 339,77. O resultado foi puxado pelos preços da batata, do açúcar refinado, feijão, café em pó e óleo de soja, explica o Dieese.No Centro-Sul, o valor da batata ficou menor em todas as cidades. O açúcar refinado ficou mais em conta em 18 cidades; o feijão, em 17; o café em pó, em 16; e o óleo de soja, em 15 localidades.

A cesta mais cara foi a do Rio de Janeiro (R$ 441,19), seguida por São Paulo (R$ 437,84), Porto Alegre (R$ 434,70) e Florianópolis (R$ 426,79). Já nos últimos 12 meses, o alívio no valor da cesta foi sentido em 16 cidades, em especial em Salvador (-7,66%), Goiânia (-7,18%) e Belém (-6,89%). São considerados itens da cesta básica 13 produtos: carne; leite; feijão; arroz; farinha; batata; tomate; pão; café; banana; açúcar; óleo e manteiga. O salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria equivaler a R$ 3.706,44 ou 3,89 vezes o salário mínimo nacional, de R$ 954,00.

(Alexandre Nascimento/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment