PREVIDÊNCIA

Helder inaugura unidade móvel do INSS

POSTADO EM: Sábado, 17/03/2018, 07:20:20
ATUALIZADO EM: 17/03/2018, 08:33:03

zoom_out_map
Marco Santos

Com capacidade para atender até 1.200 pessoas por mês, foi inaugurada ontem a Unidade Móvel Flutuante de Atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) Belém I, o PREVBarco, que beneficiará a população do Arquipélago do Marajó. O projeto é fruto de emenda da bancada federal paraense na Câmara e teve seus recursos para a implantação garantidos por meio dos Ministérios da Integração Nacional e do Desenvolvimento Social. Estiveram presentes no evento, realizado no Terminal Hidroviário do Porto de Belém, o ministro Helder Barbalho, a deputada federal Elcione Barbalho e outras autoridades.

O superintendente regional Norte/Centro-Oeste do INSS, André Fidelis, explica que o PREVBarco dispõe de equipamentos de última geração para navegabilidade e estrutura completa de atendimento, o que possibilita que os segurados recebam os mesmos serviços de uma agência fixa do INSS.

São cinco pontos de atendimento, sala para perícias médicas – com capacidade para até 400 perícias por mês – e sala para avaliações de benefícios assistenciais, realizadas por assistentes sociais. Também cumpre os requisitos de acessibilidade para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

COBERTURA

Além disso, a estrutura do barco permite o acesso a locais isolados, ampliando o alcance de atendimento e evitando que ribeirinhos tenham de navegar por longas distâncias, em viagens que podem chegar a 22 dias, com destino a uma cidade que tenha unidade do INSS. Além do PREVBarco de Belém, outra unidade flutuante será entregue aos paraenses em Santarém, dentro dos próximos três meses. As duas embarcações navegarão por todos os municípios e comunidades ribeirinhas do Estado do Pará.


A parte interna é totalmente moderna e confortável para oferecer o melhor atendimento aos usuários. Foto: Marco Santos


O superintendente elogiou o trabalho desempenhado pela bancada paraense, junto com os Ministérios da Integração Nacional e do Desenvolvimento Social, para a execução desse projeto. “O ministro Helder Barbalho foi de suma importância, junto com o Ministério do Desenvolvimento Social, buscando todo auxílio e arcabouço necessário de infraestrutura para que a gente pudesse colocar esse barco em navegação. E a bancada do Pará é muito envolvida e reconhece que a Previdência traz mais conforto ao cidadão”, garante.

IGUALDADE

Para Helder, cada região do Pará precisa ser olhada sob a ótica das suas particularidades e o serviço do PREVBarco leva isso em consideração. “Possibilitará prestar o serviço ao ribeirinho, ao pescador, ao Marajó e às cidades banhadas pelos rios. Apenas uma embarcação como essa permite que o serviço vá aonde estão as pessoas, o que demonstra respeito. Toda a população merece nosso respeito e um bom atendimento”, destaca.

O ministro ressaltou, ainda, que os investimentos na área vão beneficiar milhares de paraenses. “Esses recursos estão permitindo que a cada semana possamos inaugurar novas agências, ampliando a cobertura do INSS e aproximando os serviços de todas as 
regiões”, completa.

Representante da bancada federal na Câmara, Elcione Barbalho (MDB) classificou o serviço prestado pelo posto flutuante como uma grande obra social para beneficiar o Marajó. “Quem conhece a nossa realidade pode constatar a dificuldade de acesso a essas unidades, tendo a população de se deslocar a outros municípios para ter esse direito. Foi uma emenda impositiva de bancada que nós conseguimos. Quero agradecer ao Governo Federal por essa iniciativa”, pondera.

(Pryscila Soares/ Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment