PRESOS MORTOS

Termina rebelião após tentativa de fuga em Americano; agentes foram liberados

POSTADO EM: Terça-Feira, 13/03/2018, 14:46:51
ATUALIZADO EM: 13/03/2018, 16:13:56

zoom_out_map
Via WhatsApp

Encerrou a rebelião no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPPI), iniciada na manhã desta terça-feira (13) após uma tentativa de resgate de detentos. Os seis agentes penitenciários que eram feitos reféns foram liberados, mas dois deles tiveram ferimentos nos rostos. Até a manhã de hoje, três presos haviam sido mortos.

A negociação para liberação dos reféns durou cerca de seis horas e foi encerrada por volta das 14h15, segundo informações da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) por meio de nota. 

"As negociações terminaram com a chegada juíza Luiza Paduan, da Vara de Execuções Penais da Capital, que garantiu maior celeridade na análise processual dos detentos. Duas pistolas ponto 40 e um revólver calibre 38 que estavam em poder dos presos foram entregues à Polícia", afirmou a Susipe

De acordo com a Diretoria de Administração Penitenciária, os criminosos que dariam apoio na fuga dos presos fugiram pela área de mata, após trocarem tiros com policiais militares do Batalhão de Policiamento Penitenciário.

Ainda segundo a Susipe, nenhuma fuga foi registrada na unidade prisional. Um inquérito policial será aberto para apurar quais presos seriam resgatados na ação. 

Atualmente, o CRPP I custodia 1.196 presos. A capacidade é para 739.

Testemunha relata pânico

Um internauta do DOL, que pediu para ter a identidade preservada, passou pelo local e descreveu momentos de pânico. “Polo de Americano alterado no CRPPI. Os funcionários estão todos na BR, teve muito tiro”, disse.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment