CARNAVAL

Pretinhos do Mangue fazem a festa

POSTADO EM: Domingo, 11/02/2018, 08:50:48
ATUALIZADO EM: 11/02/2018, 11:59:27

zoom_out_map
Fernando Araújo/Diário do Pará

Com os corpos cobertos de lama preta, o já tradicional bloco “Pretinhos do Mangue” vai desfilar em sua 29ª edição, neste domingo (11) e na terça-feira (13), em Curuçá, no nordeste paraense, com a mensagem da importância da preservação dos manguezais. A organização do bloco adianta também que a folia terá um caranguejo gigante confeccionado de espuma e um outro carro, tipo alegórico, com uma réplica de uma casa de pescador, onde os foliões poderão degustar ostras e comer caranguejo. Tudo para agradar os visitantes que escolhem especialmente Curuçá para passar o Carnaval. 

MÚSICAS

No bloco de fanfarra, somente músicas paraenses, além da música oficial do bloco, composta este ano por Adal Coimbra e Elias Neto. “A nossa forma de brincar é ecologicamente correta e democrática. Todo mundo pode participar. Para que não entre muita gente no mangue esse ano, estamos providenciando quatro camburões e uma caixa de 500 litros de barro”, explica Edmilson Campos, organizador do bloco.

A concentração começará às 6h, no porto dos Pretinhos, com bloco de carimbó. Às 16h, o bloco sairá em direção ao manguezal. “O mangue é o bioma mais ameaçado pelo homem, as redes de esgoto caem no mangue. A gente aproveita o momento pra mostrar que é preciso preservar”, completa. 

Este ano, além da temática socioambiental, o bloco vai lançar uma campanha contra o assédio: “Mexeu com uma, mexeu com todas”, com a hashtag #chegadeassedio. Esta será a primeira vez que o bloco vai abordar a questão da segurança das mulheres.

“Vamos colocar uma placa no nosso carro que vai sair junto com o bloco e, em alguns momentos, vamos falar sobre esse assunto. A gente tem de falar sobre isso, é um tema urgente”, explica. “Fizemos uma pesquisa para saber como falar sobre isso, a diferença entre conquista e assédio. Carnaval é descontração e alegria, mas também respeito”, diz Edmilson.

O QUE FUNCIONARÁ E O QUE NÃO ABRIRÁ NO CARNAVAL, EM BELÉM

- SHOPPING BOSQUE GRÃO-PARÁ
Segunda (12) – Aberto das 10h às 22h. Na terça (13), as lojas ficarão fechadas. Praça de alimentação, lazer e cinema, das 12h às 22h. Quarta (14) estará aberto das 10h às 22h

- PARQUE SHOPPING
12/02 – Aberto das 10h às 22h
13/02 – Lojas fechadas. Praça de alimentação e lazer, das 12h às 22h. Cinema, de acordo com a programação
14/02 – Lojas abertas de 12h às 22h. Cinema, de acordo com a programação

- SHOPPING PÁTIO BELÉM
12/02 – Aberto de 10 às 22h
13/02 – Lojas fechadas / praça de alimentação, lazer e cinama conforme a programação
14/02 – Aberto das 12h às 22h

- SHOPPING CASTANHEIRA
12/02 – Aberto das 10h às 22h 
13/02 – Lojas fechadas. Praça de alimentação, cinema lazer, das 12h às 22h.
14/02 – Lojas abertas das 12h às 22h

- BOULEVARD SHOPPING
12/02 – Aberto das 10h às 22h
13/02 – Lojas fechadas. Praça de alimentação, lazer e cinema das 11h às 22h. Restaurantes, das 12h à meia-noite
14/02 – Lojas abertas das 12h às 22h / restaurantes: das 12h à meia-noite. Cinema de acordo com a programação

- SHOPPING METRÓPOLE ANANINDEUA
13/02 - Fechado
14/02 - Lojas, quiosques e praça de alimentação, das 12 às 22h. 
Restaurantes, das 12h à meia-noite
Na segunda-feira, funciona das 10h às 22h

- SUPERMERCADOS
Os supermercados associados ao Sindicato das Empresas de Supermercados funcionarão normalmente, conforme horário de cada loja, inclusive terça-feira e quarta. Há empresas que fecharam acordos individuais com seus funcionários. Nesses casos, o sindicato não soube informar se abrirão na terça.

- BOSQUE RODRIGUES ALVES
Fechado nos dias 12 e 13. No fim de semana, o funcionamento vai das 8h às 14h. Na quarta-feira, abre das 12h às 17h.

- ESTAÇÃO DAS DOCAS:
12/02 – 10h à meia-noite. 
13/02 – das 10h à meia-noite
14/02 – das 10h à 1h 

- MANGAL DAS GARÇAS
12/02 – das 9h às 18h
13/02 – das 9h às 18h
14/02 – das 9h às 18h

- ESPAÇO SÃO JOSÉ LIBERTO
Não abrirá de 11 a 14/02. 

- MUSEU GOELDI
12/02 - Fechado
13/02 - Fechado
14/02 - Aberto das 13h às 17h

(Dominik Giusti/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment