CUIDANDO DA SAÚDE

Academias lotam após festas de fim de ano

POSTADO EM: Quinta-Feira, 04/01/2018, 09:10:36
ATUALIZADO EM: 04/01/2018, 10:23:15

zoom_out_map
Marco Santos/Diário do Pará

Exagerou nas festas de fim de ano e agora está acima do peso? Calma. Antes de se culpar por ter ganhado aqueles indesejáveis quilinhos, é hora de retomar os hábitos saudáveis, com a prática de atividade física e ingestão de alimentos leves.

A orientação é da nutricionista Giovana Costa. Ela propõe que durante uma semana a pessoa que deseja voltar à boa forma faça uma dieta rica em fibras, líquidos e livre de carboidratos. “Após ter abusado de alimentos muito calóricos, é ideal que a pessoa faça uma dieta restritiva, à base de frutas, sucos naturais e de sopas”, recomenda.

VEJA IMAGENS

A especialista explica que a ingestão de alimentos ricos em carboidratos promove uma maior retenção de líquidos, o que faz com que a pessoa tenha a sensação de inchaço. Por isso, é preciso buscar uma alimentação mais leve que isso irá ajudar na desintoxicação do organismo. A hidratação é indispensável. “A água de coco é rica em minerais e sódio e o consumo de frutas deve ser intensificado, em três a quatro por dia, dando preferência para aquelas ricas em água, como melão e melancia”, orienta Giovana.

HORÁRIO

Outro ponto importante para retomar o corpo saudável é fazer todas as refeições nos devidos horários, de três em três horas, sempre com lanches intermediários sem muito carboidrato e com bastante fibras que auxiliam na digestão dos alimentos. “À noite, geralmente fazemos uma substituição do jantar pelo lanche, como a sopa, com ingredientes naturais, como quiabo, couve, jambu, jerimum”, destaca.

Na ceia, o ideal, segundo a nutricionista é apostar em chás que ajudam no metabolismo sem interferir no sono. “Chá de cidreira, hibisco e verde são excelentes exemplos de boas práticas alimentares para este horário”, acrescenta.

EXERCÍCIOS

Para o professor de Educação Física Luis Silva, a prática de atividades físicas é sinônimo de saúde. “Além de auxiliar na perda de peso, melhora os batimentos cardíacos, limpa o organismo das toxinas, melhora o humor, a flexibilidade e auxilia no sono”, frisa.

O profissional explica que para quem deixou as atividades de lado no fim de 2017, o retorno deve ser feito com exercícios moderados, de forma gradativa, por exemplo, numa corrida na esteira, de 15 a 20 minutos. “Este tipo de exercício é aconselhado para quem é assíduo na prática de atividade. Já para quem é sedentário, o ideal é começar com atividades também moderadas, podendo ser corridas ao ar livre e exercícios combinados, tudo indicado e planejado por um profissional habilitado”, orienta.

Depois de se olhar no espelho, com 124 quilos, o gerente de exportação Osvaldo Pinto Marques, 46, decidiu emagrecer. Hoje, após perder 19 quilos em oito meses, ele se diz orgulhoso do resultado da prática de atividade física, aliada a hábitos alimentares saudáveis. “Foi pela estética que eu decidi mudar. Hoje tenho uma rotina diária de atividade física e uma alimentação equilibrada”, destaca Osvaldo que procurou um endocrinologista e fez uma dieta restritiva antes de mudar de vida.

O advogado Neto Meireles, 26, exagerou um pouco no refrigerante durante as festas de final de ano. Apesar de não ter dificuldade para emagrecer, ele abusou um pouco nesse período. “É difícil manter a dieta nessa época. Mas depois de aproveitar esse tempo fora, voltei direto para fazer crossfit, porque a dinâmica é viciante”, declara.

ORIENTAÇÕES

Para aumentar a ingestão de fibras, a nutricionista Giovana Costa aconselha que a pessoa faça diariamente o consumo de aveia, linhaça, chia e gergelim.

Mais informações: Istagram @nutrionistagi ovana_nascimento.

(Wal Sarges/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment