1.200 DEMISSÕES

Alunos interditam avenida contra demissão em massa de professores

POSTADO EM: Quarta-Feira, 06/12/2017, 21:11:06
ATUALIZADO EM: 06/12/2017, 21:54:05

zoom_out_map
Reprodução/Whatsapp

Um grupo de acadêmicos fechou parcialmente a avenida José Malcher na noite desta quarta-feira (6) em manifesto contra a demissão em massa de professores da Faculdade Estácio.

O trânsito no local ficou lento. A única via liberada pelos manifestantes foi o corredor dos ônibus.

A instituição, que está presente em vários estados brasileiros, anunciou que vai demitir cerca de 1200 docentes em todo o país. Só no Pará, onde a Estácio atua em dois campus, 40 professores foram alvos da demissão.

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

O protesto teve início na noite desta quarta e foi a forma encontrada por alunos da instituição de exigir a restituição de todos os profissionais demitidos.

Houve um comunicado oficial entre os manifestantes para que o protesto acontecesse simultaneamente em várias cidades brasileiras.

No vídeo abaixo, é possível ver os alunos fazendo concentração em frente a faculdade Iesam-Estácio, na avenida Governador José Malcher:

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment