FEIRA VEGANA BELÉM

De olho em um mercado cada vez mais aquecido, veganos promovem 3ª edição de feira em Belém

POSTADO EM: Quarta-Feira, 06/12/2017, 18:48:52
ATUALIZADO EM: 06/12/2017, 18:56:16

zoom_out_map
Reprodução

O consumo de alimentos que não têm origem animal está crescendo em todo o mundo. Seja por questões ambientais ou ligadas à saúde, muitos paraenses também estão buscando informações sobre este tipo de alimentação. Aproveitando este interesse cada vez maior, o movimento vegano de Belém promoverá a terceira edição da Feira Vegana Belém, que será realizada no próximo dia 09, na Casa das Artes (antigo IAP).

Com o Tema “Veganismo é pra mim?” a iniciativa pretende colocar em pauta o potencial econômico da Amazônia para o Veganismo. “Este é um evento de difusão da ética vegana, ou seja, difusão da empatia, do respeito e do amor aos animais não-humanos”, explica Sheime Denadai, uma das organizadoras do evento.

A Feira Vegana Belém é um projeto sem fins lucrativos, com o objetivo de difundir o Veganismo e os Direitos Animais na Amazônia, através de expressões artísticas como música, poesia, graffiti, performances, cinema, contação de histórias, exposições de pinturas e de adornos artesanais. Também serão realizadas práticas de yoga, dança circular e rodas de conversas temáticas. A entrada é gratuita.

Nesta edição o evento irá oferecer um espaço de saúde e terapias holísticas, além de uma Feira de Orgânicos procedentes da agricultura familiar e um espaço de alimentação, onde será oferecido amostras de doces e salgados veganos.

Serviço: Feira Vegana Belém – Terceira Edição
Pagina Facebook: https://www.facebook.com/Feiraveganabelem/?fref=ts
Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/379771139024638/
Data: 09 de dezembro de 2017
Horário: das 09h às 20h
Local: Casa das Artes (antigo IAP)
Endereço: Praça Justo Chermont (CAN), 236, ao lado da Basílica de Nossa Senhora de Nazaré.
Entrada Gratuita
Há diversas linhas de ônibus que passam pelas ruas de acesso ao evento com paradas de ônibus a menos de 100m.
Pra quem for de carro é possível estacionar na Praça do CAN ou nas ruas transversais e paralelas.

(Igor WIlson)



COMENTÁRIOS mode_comment