DICAS

Procura emprego? Então, a hora é agora!

POSTADO EM: Domingo, 15/10/2017, 07:48:13
ATUALIZADO EM: 15/10/2017, 07:50:08

zoom_out_map
Agência Brasil

De acordo com os dados mais recentes do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), no período de setembro de 2016 a agosto desse ano, o Estado perdeu 29 mil postos de trabalho, um decréscimo de 3,78%. Mas a proximidade das festas de fim de ano e as vagas temporárias que elas trazem é uma esperança para quem procura uma recolocação.

O superintendente técnico do Dieese-PA, Roberto Sena, diz que ainda não pode desenhar o panorama, em números ou percentuais, do encerramento de 2017, mas lembra que 13º salário e pagamento de PIS/Pasep devem injetar recursos na economia do Estado. “Só o 13º, no ano passado, colocou mais de R$ 4 bilhões na economia local. Não vai resolver, mas ajuda a dar uma respirada”, avalia. 

PROCURA

Para a diretora da Gestor Consultoria, empresa especializada em gestão organizacional, Nara Abdon d’Oliveira, existem algumas diferenças determinantes entre quem procura e quem acha seu espaço no mercado de trabalho. Se manter “na vitrine”, trabalhar bem o networking, não descartar um plano B e até exercícios físicos podem fazer toda a diferença nessa busca.“Hoje as empresas buscam pela internet. Então, é importante manter seus perfis nos sites de vagas de empregos atualizado”, ensina. “Ligar pros ex-chefes, ex-professores e falar mesmo que está procurando também vale, bem como frequentar os eventos corporativos. Ninguém vai saber o que se procura se você não sai de casa”, orienta a especialista.

8 DICAS PARA CONSEGUIR UM EMPREGO

1. Pesquise sua faixa salarial Para ter certeza de que seu salário não é condizente com sua realidade, faça uma pesquisa na internet e em revistas especializadas em carreira. Leve em conta seu tempo de experiência.

2. Entre em contato com comunidades profissionaisVasculhe suas mídias sociais, faça contatos, pergunte de forma genérica se eles possuem informações sobre o mercado de trabalho. 

3. Faça uma lista das empresas dos sonhosMuitas pessoas não se permitem “desejar” trabalhar em determinadas empresas. Faça uma lista das empresas que você admira, da sua área de atuação ou da área para qual pretende migrar. Anote seus valores, desafios, projetos em destaque, procure na internet quais são as vagas que ela oferece no momento. 

4. Não minta de forma algumaValorize todas as atividades que você já fez, que podem ser do interesse da empresa. Seja em determinado projeto, na relação com consumidores finais ou de perfil mais técnico.

5. Cadastre seu currículoFaça seu cadastro de currículo em sites especializados. Inscreva-se mesmo que não haja uma vaga para sua área imediatamente. O fato de ter seu currículo no banco de dados pode facilitar o contato quando abrir uma oportunidade.

6. Busque sua rede de contatosProcure pessoas que trabalham nas empresas que você listou nas mídias sociais. Faça contato. Com os mais chegados, fale sobre seu desejo de mudar de empresa, e o que tem desenvolvido profissionalmente que o qualifica para tal aproximação.

7. Participe de eventosVeja eventos na sua área de atuação ou onde possivelmente as empresas de seu interesse estarão presentes. Além de uma excelente oportunidade de conhecer contatos pessoalmente, você poderá entender melhor e mais detalhadamente os negócios e desafios das empresas que você quer se aproximar. Tenha cartões de visita. Com dados pessoais, telefones, e-mails, inclusive com links para seus perfis profissionais. 

8. Seja naturalPense positivamente sobre suas melhores características, suas realizações, esteja certo e convicto de que tem o que oferecer no novo novo emprego. A convicção sincera tanto de seu potencial como dos seus limites ajuda a passar credibilidade na hora de abordar um bom contato. (Fonte: vagas.com)

(Carol Menezes/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment