PREVISÃO DO TEMPO

Agosto terá clima seco e com poucas chuvas em todo Estado

POSTADO EM: Terça-Feira, 01/08/2017, 17:42:58
ATUALIZADO EM: 01/08/2017, 17:44:19

zoom_out_map
Cristino Martins/Agência Pará

O mês de agosto terá clima seco e com pouca probabilidade de chuva em todo o Pará. É o que prevê boletim da Diretoria de Meteorologia e Hidrologia e do Centro Integrado de Monitoramento Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). As condições são causadas por uma massa de ar seco, predominante nesse período do ano sobre a região central do Brasil e sul da Amazônia, influenciando também as condições de tempo da faixa norte do Estado.

O boletim também aponta que o clima em agosto terá baixo índice pluviométrico e redução da umidade do ar e da nebulosidade, elevando as temperaturas máximas diárias. O extremo sul e sudeste do Estado apresenta médias de precipitação em torno de 10 milímetros (mm) para este mês. Algumas localidades podem ficar mais de 30 dias consecutivos sem chuva.

Por outro lado, a faixa norte do Estado ainda apresenta valores médios acima de 50 mm – 75 mm de chuva, com exceção para a Região Metropolitana de Belém (RMB), onde os valores médios apontam totais mensais de chuva acima de 100 mm em agosto. Nos meses de junho e julho de 2017, a maior parte do Pará apresentou chuvas na categoria abaixo do normal para o período. Essa situação se repetirá em agosto, pois grande parte do Estado também apresentará chuvas abaixo do normal para o período.

Em decorrência da diminuição das chuvas, as temperaturas deverão continuar elevadas em todo o território paraense, com máximas diárias ultrapassando os valores médios em até 3°C, principalmente no sul do Pará, onde as temperaturas máximas devem atingir de 35ºC a 37ºC, já que a presença da massa de ar seco dificulta a formação de nuvens, ocasionando grande incidência de radiação solar na superfície, aumento da amplitude térmica e diminuição da umidade do ar. Na faixa norte, as máximas diárias no mês de agosto devem oscilar entre 32ºC e 34ºC.

Com base na série histórica obtida por meio de informações do satélite Aqua, a Semas informa ainda que o mês de agosto é marcado pelos maiores números de focos de queimadas no Estado, com valor médio de mais de 7,8 mil focos – o valor máximo já registrado foi 18.130, em 2010.

(Com informações da Agência Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment