zoom_out_map
(Foto: via Whatsapp)

Estudantes fecham a Perimetral e cobram segurança

Terça-Feira, 20/06/2017, 09:59:35 - Atualizado em 20/06/2017, 11:22:04

Alunos da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará, antigo NPI, interditaram a avenida Perimetral, no bairro da Terra Firme, em Belém, na manhã desta terça-feira (20). Eles protestaram contra os recorrentes casos de violência na região.

"No último sábado (17), uma aluna foi atropelada em frente à escola e teve uma fratura exposta. A via aqui na frente é horrível, são vários casos assim. Sem contar com os inúmeros assaltos", afirmou uma estudante que participava do ato e preferiu não ser identificada. "A faixa de pedestre fica longe da escola, em uma área em que vários assaltantes também estão. São vários assaltos. Eu mesma já sofri uma tentativa de assalto, mas consegui fugir".

Com a manifestação, o trânsito na avenida Perimetral ficou congestionado. (Foto: via WhatsApp)

Ela explica que o medo impera entre os estudantes, atrapalhando o estudo e colocando a vida deles em risco. "Isso afeta muito a gente. Ficar na parada de ônibus é perigoso. Temos que ficar olhando de longe o ônibus e correr para pegar, ainda tem uma mureta na frente do colégio que prejudica a gente", completa a estudante. "Já conversamos com a direção da escola, que apoia a gente. Agora queremos chamar a atenção das autoridades para essa situação".

O protesto seguiu até cerca de 11h, quando os estudantes liberaram a via. Eles ainda participaram de uma reunião com membros da direção da escola e representates da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), onde apresentaram suas pautas de reivindicação.

(DOL)





COMENTÁRIOS mode_comment