zoom_out_map
(Foto: Wagner Santana)

FGTS: saque é antecipado para sábado

Quarta-Feira, 07/06/2017, 07:53:23 - Atualizado em 07/06/2017, 07:53:23

O começo da liberação do saque da 4ª fase das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para trabalhadores nascidos entre setembro e novembro, foi antecipado do dia 16 deste mês para o próximo sábado (10), informou ontem a Caixa Econômica Federal. De acordo com o banco, a antecipação será feita para não coincidir com o feriado de Corpus Christi, que será no dia 15 de junho.

A Caixa projeta que a 4ª fase vai atingir 7,5 milhões de brasileiros, que receberão cerca de R$ 10,9 bilhões, ou 25% do total do programa. Cerca de 2,4 milhões de pessoas que possuem conta poupança individual receberão o valor automaticamente. De acordo com a Caixa, no próximo sábado, 2.015 agências serão abertas em todo o País, entre as 9h e as 15h. 

A assessoria de comunicação da Caixa no Pará informou que somente na sexta-feira estará disponível a lista das agências da Caixa que funcionarão no sábado. O saque total das contas inativas do FGTS deve se aproximar dos R$ 40 bilhões, em vez de ficar entre os R$ 30 bilhões e R$ 32 bilhões estimados a princípio pela Caixa Econômica Federal, divulgou o banco. 

TRABALHADORES

De acordo com o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, a estimativa inicial foi feita com base no saque feito historicamente em contas inativas -cerca de 80% do total. Como no caso da liberação pelo Governo houve grande divulgação, um percentual maior de trabalhadores aderiu.

“Além disso, muita gente não havia registrado sua saída de empregos no sistema da Caixa, o que fazia com que as contas aparecessem como ativa para o banco. Com a divulgação da liberação do saque, essas pessoas provaram suas demissões, e isso também elevou o total pago”, disse.

Pode fazer o saque o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015, respeitado o calendário publicado pela Caixa Econômica Federal.

(Com informações da FolhaPress)





COMENTÁRIOS mode_comment