MAS JÁ?

Cinco dias depois de chegarem, militares israelenses deixam Brumadinho

POSTADO EM: Quinta-Feira, 31/01/2019, 09:15:02
ATUALIZADO EM: 31/01/2019, 09:47:03

zoom_out_map
Divulgação

Militares das Forças de Defesa de Israel que atuam na tragédia de Brumadinho (MG) devem deixar hoje (31) o Brasil. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, mais cedo, os integrantes da tropa israelense foram homenageados em cerimônia no 12º batalhão do Exército Brasileiro.

 

 

Os militares chegaram ao Brasil na noite do último domingo (27) com equipamentos que poderiam auxiliar nos trabalhos após o rompimento da barragem da mineradora Vale. No sétimo dia de buscas por vítimas, as autoridades contabilizam pelo menos 99 mortos e 259 pessoas desaparecidas.

 

 

Soldado israelense-brasileira

A soldado israelense Amit Levi, 21 anos, é neta de brasileiros e fala português. Ela chamou a atenção durante coletiva de imprensa concedida há dois dias pelas tropas de Israel. Simpática, ela disse que era uma honra participar das operações de resgate em Brumadinho.

Os avós brasileiros de Amit Levi foram ao município mineiro para visitar a neta. Orgulhosos, ficaram com ela por algumas horas.

 

 

A imagem da soldado marcou as redes sociais e a mídia, em meio às operações, no momento em que olhava com respeito para as bandeiras do Brasil e de Israel afixadas em sua farda.

Veja também:

(Com informações da Agência Brasil)



COMENTÁRIOS mode_comment