PESQUISA

Você sabe por que sofremos com maus-tratos a animais? A ciência explica!

POSTADO EM: Quinta-Feira, 06/12/2018, 09:25:14
ATUALIZADO EM: 06/12/2018, 09:55:22

zoom_out_map
Reprodução

Sentir empatia por cães e gatos para algumas pessoas pode até parecer exagero, mas para outras é tão normal quanto gostar de outro ser humano. De acordo com vários estudos, quando o assunto é maus tratos contra animais de estimação, há uma grande sensibilização e, especificamente quando esses maus tratos é direcionado aos cães.

Em 2017 foi realizado um estudo, publicado pela revista Society & Animals, onde mostra que as pessoas se sensibilizam mais com agressões e abusos que envolvem cães, do que com os próprios seres humanos. A única exceção é quando a situação inclui bebês. Neste caso, o nível de empatia é mais alto.

O estudo analisou a reação de 240 estudantes de doutoramento a casos de espancamentos de cães e pessoas. Foi dividido em duas partes: na primeira, os voluntários leram uma notícia fictícia onde as vítimas poderiam ser um cão (bebê ou adulto) ou um ser humano (um bebê de 1 ano ou um adulto de 30).

Apesar de os textos serem parecidos, o fato de a vítima ser animal, independentemente da idade, pareceu atiçar maior empatia no participantes. No entanto, a comoção destinada aos seres caninos só foi menor quando a notícia envolvia bebês.

MAIS PESQUISA...

Em 2015 foi realizado outra pesquisa, agora pela Harrison’s Fund, onde concluiu algo semelhante. "Cães, sejam eles jovens ou adultos, são vistos como detentores das mesmas qualidades associadas a bebês humanos; eles são vistos como incapazes de se proteger totalmente", explicaram, na altura os investigadores.

E você concorda com a pesquisa? E também costuma se derreter por essas fofurinhas? 

(Com informações do Portal Notícias ao Minuto)



COMENTÁRIOS mode_comment