CAVERNA NA TAILÂNDIA

'Nenhuma criança jamais mergulhou dessa maneira', conta membro da equipe de resgate

POSTADO EM: Terça-Feira, 10/07/2018, 20:05:50
ATUALIZADO EM: 10/07/2018, 21:51:15

zoom_out_map
Reprodução BBC

Após três dias intensos de resgate, os mergulhadores conseguiram resgatar os 12 meninos e seu treinador de futebol, que estavam presos em uma caverna no norte da Tailândia há oito dias. O caso repercutiu mundialmente.

Os métodos utilizados para o arriscado resgate foram minuciosos. O caminho que dava acesso onde os garotos estavam era muito estreito, e a equipe de resgate, formada por cinco tailandeses e 13 de outras nacionalidades, precisou de três dias para trazer todos a superfície, separados em pequenos grupos.

Um dos mergulhadores foi Ivan Karadzic, que contou nesta terça-feira (10) alguns detalhes sobre a operação.

“Os garotos foram forçados a fazer algo que nenhuma outra criança fez”, disse, ressaltando que “nenhuma criança jamais mergulhou dessa maneira”.

"Não é de modo algum normal que crianças mergulhem em cavernas aos 11 anos de idade. Eles estão mergulhando em um ambiente extremamente perigoso", acrescentou ainda, apontando para dificuldades como a falta de visibilidade no local.

A única luz lá dentro, contou Karadzic, era a que saía das lanternas das equipes. Também foi preciso trabalhar com "planos B" para o caso de eventuais falhas de equipamento ou empecilhos emocionais. "Nós estávamos obviamente com muito medo de haver pânico por parte dos mergulhadores", explicou.   

(Fonte: UOL)



COMENTÁRIOS mode_comment