RESGATE NA TAILÂNDIA

Prazo para resgate dos meninos presos em caverna na Tailândia está chegando ao fim

POSTADO EM: Sábado, 07/07/2018, 13:37:29
ATUALIZADO EM: 07/07/2018, 13:59:51

zoom_out_map
Divulgação

A situação dos 12 meninos que estão presos em uma caverna na Tailândia, juntamente com o o seu técnico de futebol está ficando cada vez mais dramática. Segundo autoridades tailandesas, o prazo para o resgate do grupo está se esgotando. Eles estão presos há duas semanas no complexo de cavernas. 

De acordo com o jornal inglês The Guardian, o governo local estima ter entre três e quatro dias para retirar o grupo.

A previsão de mais chuvas na região é o principal motivo para apressar os planos da equipe envolvida no resgate. As fortes chuvas podem elevar ainda mais o nível de água, o que pode dificultar a retirada do grupo do local. 

A produção de dióxido de carbono pelas centenas de trabalhadores que estão envolvidos na retirada dos estudantes da caverna também acaba colocando em risco a operação. 

"Não importa quanto oxigênio nós tenhamos, não podemos sobreviver [com alto nível de dióxido de carbono] porque nosso sangue ficará tóxico", disse o governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osatanakorn. 

Saiba mais

Narongsak também acrescentou que os próximos dias são os "mais favoráveis". Além disso, ele afirmou que o melhor é agir o quanto antes, já que as chuvas na região podem se intensificar ainda mais. "Se nós esperarmos muito mais, não sabemos quanto de chuva virá" ressaltou.

De acordo com informações divulgadas pela rede de TV norte-americana ABC nesta sexta-feira (6), já existe um plano para que o resgate seja feito ainda neste fim de semana. Porém, o mesmo ainda dependia da aprovação das autoridades. 

O governador afirmou que na sexta-feira (6) o nível de oxigênio na parte da caverna onde está o grupo havia caído para 15% — abaixo do recomendável, que é 21%. Ele alertou que abaixo de 12% "o corpo começa a desacelerar e as pessoas ficam inconscientes". 

O principal motivo para apressar os planos é a previsão de mais chuva para a região, o que poderia elevar ainda mais o nível de água e dificultar a resgate.

(Com informações do portal R7) 



COMENTÁRIOS mode_comment