LOCAL MACABRO

Campo que seria usado para tráfico e abuso sexual de crianças é achado por ex-militares

POSTADO EM: Terça-Feira, 05/06/2018, 15:58:57
ATUALIZADO EM: 05/06/2018, 15:58:57

zoom_out_map
Reprodução Facebook

Um grupo de vigilantes veteranos dos Estados Unidos encontrou um campo que, segundo eles, poderia ser utilizado para tráfico e exploração sexual de crianças. O local teria uma espécie de porão e uma árvore com amarras. O local macabro está localizado próximo à cidade de Tucson, no Arizona.

Segundo informações do portal Daily Mail, o campo abandonado foi encontrado por um grupo de vigilantes chamado “Veterans on patrol” (Veteranos em patrulha, em tradução livre), que ajuda ex-membros das Forças Armadas que se tornaram sem teto.

O porão do local, que só pode ser acessado por uma pequena abertura, estava cheio de roupas de crianças e brinquedos. Segundo os veteranos, aquele local provavelmente era utilizado para trancafiar as crianças vítimas de tráfico e abuso.


Bonecas e outros brinquedos foram encontrados no local. Foto: Reprodução Facebook

Também foi encontrada uma árvore com amarras pretas presas a ela. O grupo a classificou com a “árvore para abusos sexuais”. Em um tronco, estava escrita a palavra “Maddie”, com letras parecidas com as de uma criança.

Policiais de Tucson estiveram no local e tentaram minimizar os rumores, afirmando que não há evidências de que tráfico humano realmente ocorria naquele campo. Um  cão farejador foi usado para encontrar possíveis corpos, mas nada foi achado.

Jon McLane, de 35 anos, membro religioso de um campo de desabrigados, afirmou que trabalhou por anos com diversos locais para sem tetos e visitou centenas deles, mas nunca havia visto nada do tipo.


Tronco de árvore com o nome "Maddie" também foi encontrado. Foto: Reprodução Facebook

“Esse lugar tem uma jaula improvisada e, pelos itens que estavam lá dentro, realmente parece uma jaula para crianças”, diz Jon.

Craig Sawyer, um ex-militar norte-americano e fuzileiro naval que se tornou documentarista, foi convidado para visitar o campo pelo grupo de veteranos, logo após a descoberta.

“Eu nunca achei que veria algo tão abominável e desumano como isso”, disse Craig.  


Algumas árvores tinham amarras pretas presas aos troncos. Foto: Reprodução Facebook

(Com informações do portal Daily Mail)



COMENTÁRIOS mode_comment