TOMOU RUMO

Filho de 30 anos deixa a casa dos pais após ser processado por eles

POSTADO EM: Sábado, 02/06/2018, 19:04:47
ATUALIZADO EM: 02/06/2018, 19:10:07

zoom_out_map
Reprodução

O caso de Michel Rotondo, um homem de 30 anos que foi processado pelos próprios pais para que deixasse a casa deles, parece ter tomado um rumo. Ou melhor, ele tomou coragem e resolveu sair debaixo do teto dos genitores.

O caso tomou grande repercussão desde o início do ano. Christina e Mark Rotondo entraram com processo na Justiça de Nova York, nos Estados Unidos, alegando que o rapaz não ajudava nas tarefas de casa e tão pouco nas despesas e ainda deu fim do dinheiro que eles haviam oferecido para que ele procurasse outro local para viver.

A Justiça acatou o pedido dos pais e determinou dia e hora para que Michel saísse da casa dos pais, até que na última sexta-feira (1º), a duas horas para terminar o prazo ele resolveu sair.

O homem havia retornado para a residência da família logo após ter ficado desempregado e ali estava há oito anos.

As cartas de despejo enviadas pela Justiça começaram a surgir no início do ano, mesmo assim Michel se recusava a sair.

Em audiência, o filho chegou a pedir seis meses de prazo para sair da casa e disse que não entendia o motivo dos pais não poderem esperar um pouco mais.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment