NEGLIGÊNCIA MÉDICA

Mulher descobre que tinha uma agulha 'presa' na coluna 15 anos depois

POSTADO EM: Quinta-Feira, 29/03/2018, 14:35:10
ATUALIZADO EM: 29/03/2018, 14:36:17

zoom_out_map
Reprodução/TV

Um possível caso de negligência médica foi denunciado pela norte-americana Amy Bright que descobriu parte de uma agulha de anestesia epidural quebrada em sua coluna 15 anos depois de ter dado à luz ao primeiro filho. O caso aconteceu em Jacksonville, nos Estados Unidos.

A americana de 41 anos passou todos esses anos sentindo dor nas costas, até que recorreu a uma tomografia computadorizada que identificou três centímetros da agulha inseridos em sua coluna. O objeto estava tocando o nervo conectado à perna esquerda. A preocupação maior era que, se a agulha se mexesse mais, ela perderia o movimento das pernas.

(Foto: Reprodução/TV)

O advogado de Amy confessou que nunca viu um caso de negligência médica tão escandaloso quanto esse. Afinal de contas, “a agulha está, literalmente, no canal espinhal”. Enquanto isso, os médicos acreditam que retirar o corpo estranho seja uma tarefa de risco, tendo em vista da localização; assim eles sugerem que ela fique com a agulha e trate a dor com medicação.

Apesar do caso ter chamado bastante atenção, o Hospital Naval de Jacksonville ainda não respondeu aos pedidos dos comentários dos jornalistas, direcionando toda e qualquer pergunta ao Departamento de Justiça dos EUA.

”Minha dor chegou a um ponto em que eu sinto simplesmente uma ardência constante. Eu provavelmente precisarei usar uma cadeira de rodas com o passar do tempo”, desabafou Bright durante entrevista ao jornal “Independent”.

(Com informações do portal Só Fatos)

LEIA TAMBÉM



COMENTÁRIOS mode_comment