COMBO DE LUAS

Noite de 31 de janeiro terá fenômeno inédito em 150 anos

POSTADO EM: Quinta-Feira, 04/01/2018, 20:52:45
ATUALIZADO EM: 04/01/2018, 21:18:43

zoom_out_map
Reprodução

A noite do dia 31 de janeiro será uma noite mais do que especial. Um combo de várias versões especiais da lua estará visível no céu: a Lua Azul, a Superlua e a Lua de Sangue. Vai ser a primeira vez em 150 anos, inclusive, que temos uma Lua Azul de Sangue, tudo ao mesmo tempo.

Apesar de ser chamada assim, a Lua Azul não fica azul. Ela tem esse nome pelo fato de ser a segunda lua cheia do mês de acordo com o calendário gregoriano. A última Lua Azul apareceu em 2 de julho de 2015.

A Superlua é proporcionalmente maior e mais brilhante do que estamos acostumados a ver no céu, como você talvez tenha reparado no dia 1º de janeiro, quando uma Superlua fez a primeira aparição em 2018.

Em seguida vem a Lua de Sangue. Nada mais é que o apelido dramático dado à Lua durante um eclipse lunar total, no qual a posição da lua e a da Terra se alinham de forma que o nosso planeta fica exatamente entre o satélite e o Sol.

Quando isso acontece, a Lua perde a aparência branca e brilhante e ganha um tom avermelhado, que justifica o apelido.

Tudo isto poderá ser visto no dia 31. Vamos torcer para o céu paraense ajudar.

(Fonte: Super Interessante)



COMENTÁRIOS mode_comment