zoom_out_map
(Foto: reprodução/Internet)

Menina mata mãe após ver vídeos de decapitação

Terça-Feira, 15/09/2015, 17:04:24 - Atualizado em 15/09/2015, 17:13:08

Lisa Borch de 15 anos assassinou brutalmente a própria mãe em sua casa, na cidade rural de Kvisse, na Dinamarca. De acordo com a investigação, a garota, que teve a ajuda do namorado para o crime, estava obcecada pelo Estado Islâmico e teria matado a mãe após passar horas assistindo a vídeos de decapitação produzidos pelo grupo terrorista.

De acordo com a imprensa internacional, a menina assassinou a mãe, Tina Römer Holtegaard, com pelo menos 20 facadas no mês de outubro, em um período em que vinha assistindo aos vídeos das decapitações dos reféns David Haines e Alan Henning no YouTube. 

"Ela assistiu [aos vídeos de decapitação] por toda a noite", disseram os promotores do caso. Segundo eles, a jovem planejava viajar à Síria com o namorado, o iraquiano Bakhtiar Mohammed Abdulla, por quem se apaixonou em um centro de refugiados em sua cidade, para se juntar ao Estado Islâmico. 

Lisa foi condenada a nove anos de prisão – sendo os dois primeiros a serem cumpridos em instituições voltadas para menores de idade. O namorado, a 13 anos – seguidos de deportação automática da Dinamarca.

(DOL com informações do portal IG)

EM ALTA

COMENTÁRIOS mode_comment

CONTINUAR LENDO keyboard_arrow_down