GASTRONOMIA

Dá para saborear as delícias do Estrela Azul até este domingo (18)

POSTADO EM: Domingo, 18/11/2018, 08:35:01
ATUALIZADO EM: 18/11/2018, 10:51:48

zoom_out_map
Wagner Santana/Diário do Pará

Proporcionar que o cliente saboreie uma deliciosa comida regional. Essa é a proposta do cardápio especialmente preparado pelo Decanter Enoteca para o Festival Gastronômico Estrela Azul, que encerra neste domingo (18). O estabelecimento é um dos participantes do evento que reúne os melhores sabores e temperos, quase sempre com um toque marcante da cozinha amazônica.

No Decanter, o cardápio incluiu a entrada com bolinho de pirarucu de casaca com molho de coco. O prato principal é composto por risoto caseiro de camarão regional com creme de tucupi e jambu. E pra completar o menu a sobremesa é nada mais nada menos do que surpresa de cupuaçu. Tudo isso dá água na boca, mas não é somente o sabor que chama a atenção dos clientes. “Comer tudo isso em um estabelecimento aconchegante e a um preço acessível faz uma grande diferença”, comenta a bancária Ivanize Nascimento, que fez aniversário na terça-feira (13).

A data foi comemorada na companhia de mais quatro amigas de trabalho, que têm em comum o gosto pelo vinho e por pratos com toque da culinária regional. Para elas, o maior mérito do festival é oportunizar acesso a bons pratos com preços que cabem no bolso. “O cardápio é muito interessante, tem o peixe que é nosso e um sabor super diferenciado, muito boa ideia”, diz a bancária Fátima Amador.

Com 8 anos de funcionamento tendo o vinho como o carro chefe da casa, o Decanter participa do Festival pela primeira vez. A gerente Francisca Silva afirma que o evento agrega muito na medida em que incentiva as pessoas a conhecerem os ambientes e produtos disponíveis aos clientes. O cardápio é exclusivo e apostou na regionalidade com ingredientes já conhecidos dos paraenses, mas que combinasse com vinhos distintos. O sucesso é garantido e desde que começou passou a vender cerca de 40 pratos/dia. “As pessoas vêm pelo Estrela Azul, mas acabam pedindo também outros itens do cardápio. Para nós tem valido muito a pena”, afirma.

Outro cardápio que tem feito o maior sucesso é o do Boteco do Camarão. Servido com camarões rosa recheados com queijo do Marajó, empanados com raspa de banana da terra, o prato é o mais pedido do restaurante. Com ele, o cliente saboreia antes, a bolinha de banana de aterra com piracuí e geleia de jambu, tendo como sobremesa o pudim de tucupi preto.

O cardápio também é inédito e com ingredientes regionais que dão um sabor a mais, a exemplo da chicória. “Somos defensores da nossa culinária e o prato inclui peixe e camarão e nos remete a um sabor que não sabemos se é doce ou salgado e que contrapõe com geleia da rainha chicória”, detalha o cozinheiro chefe, Herlander Andrade.

CARDÁPIO

O cardápio foi escrito dentro do avião, durante uma viagem internacional de Herlander. Ele garante que as vendas no restaurante melhoraram muito e que o festival tem atraído um público que ainda não conhecia o estabelecimento.

Entre eles um grupo de médicos anestesistas de São Paulo que estava em Belém participando de um congresso. Cindy Ogawa explica que eles ficaram sabendo do festival pela internet e, desde então, já tinham visitado três estabelecimentos participantes do Estrela Azul. A análise minuciosa do cardápio é o critério de escolha do grupo e depois de comer tanta coisa fica até difícil dizer o que é mais saboroso. “A culinária paraense é incrível, tudo é muito diferente e delicioso. Além disso, o preço é super acessível e o atendimento de primeira qualidade”, destaca o médico Jefferson Testi.

Gerente comercial do DIÁRIO, Nilton Lobato afirma que, pelos relatos que recebeu dos restaurantes participantes, mais uma vez foi um resultado bom para os estabelecimentos, seguindo a linha da primeira edição do ano passado. “Favoreceu os restaurantes para que outras pessoas passassem a conhecer a estrutura, avaliar atendimento, qualidade, até porque dentro do próprio site do Festival Estrela Azul no site do DOL, cada cliente que foi a um restaurante pôde fazer estas avaliações sobre como foi a experiência dele”, diz.

Nilton destacou a parceria com os patrocinadores. “Gostaríamos de agradecer, pois cada um foi fundamental para que o festival acontecesse. E agradecer também aos donos dos restaurantes participantes, que acreditaram pela segunda vez na nossa proposta e na criação de um cardápio fora do seu cardápio tradicional. Acreditamos que fizemos nosso papel e estamos abertos a críticas para melhorarmos cada vez mais”. (Com Redação)

FESTIVAL

Pelo site do Festival (http://festivalestrela azul. diarioon line.com.br/) os clientes podem avaliar os restaurantes participantes e comentar o que eles acharam dos cardápios.

RESTAURANTES PARTICIPANTES

  • A Forneria
  • Adega das Onze Enoteca
  • Amazon Beer
  • Avenida
  • Aviú
  • Beto Salomão
  • Bosque Sport Bar & Bowling
  • Boteco do Camarão
  • Brasileirinho
  • Buiagu
  • Casa de Noca
  • Cité
  • Decanter Enoteca
  • Famiglia Sicília
  • Grand Cru
  • Lá em Casa
  • La Traviata
  • Mama Emma
  • Mango
  • Manjar das Garças
  • Santa Chicória
  • Sweet by Sisters
  • Olho de Boto
  • Point do Açaí
  • Privilége
  • Tutto

COMO FUNCIONA

*26 restaurantes ofertam um cardápio desenvolvido exclusivamente para o Festival

*O menu é composto por entrada, prato principal e sobremesa.

*O preço é único, de R$49,90 por pessoa.

*O Festival segue até o próximo dia 18 de novembro.

(Leidemar Oliveira/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment