zoom_out_map
(Foto: Wagner Santana)

Todos os sabores do Pará em um só guia!

Sexta-Feira, 24/03/2017, 08:06:10 - Atualizado em 24/03/2017, 09:47:07

Cidade de muitas cores e inúmeros sabores, Belém é cada vez mais conhecida por sua força na gastronomia. Para colaborar mais ainda com este desenvolvimento e oferecer ao público um grande guia sobre a culinária na capital paraense, o DIÁRIO lançará na próxima terça-feira (28) a nova edição do “Passaporte Belém, o Melhor da Gastronomia”.

O passaporte deixou os jurados em total liberdade para indicar os estabelecimentos, pratos e chefs de acordo com sua preferência pessoal, o que resultou numa lista bastante abrangente e eclética com um total de 129 indicados.

Desta lista prévia, 23 foram selecionados e receberão o Troféu Estrela Azul, que é o principal prêmio da noite. Além disso, em cada categoria, mais dois estabelecimentos receberão certificados com menção honrosa pela qualidade apresentada. Os locais apresentam de forma diversificada a culinária paraense, desde pratos típicos, nacionais, mundiais, sobremesas, lanches e muito mais.

Os jurados foram Ângela Salles (advogada); Anselmo Gama (jornalista e publicitário); Armando Costa (barman); César Paes Barreto (publicitário); Clélio Miranda (estudante de Gastronomia); Cristina Mutran (empresária de eventos); Dina Batista (blogueira); Esperança Bessa (jornalista); Fátima Petrola (empresária de eventos); Geraldo Prado (empresário); Glenda Abdon (marketing); Herycles Horiguchi (publicitário); Jaime Monteiro (publicitário); George Santiago (contador); Rejane Barros (jornalista) e Sueid Abou (blogueira).

Para Hamilton Pinheiro Jr., gerente de Marketing do Grupo RBA, o Guia pode ajudar é uma iniciativia que, além de inovadora, é um grande incentivo à Gastronomia e mesmo à cultura e ao Turismo, que cada vez mais possuem se relacionam à culinária da região. "A nossa cozinha muito rica, é referência nacional. Muitos cheffs utilizam nossos sabores e pratos como inspirações e como atrativos. O Guia ajuda a incentivar este cenário, fomenta este mercado", enfatiza.

O Guia começará a ser vendido nas próximas semana, em vários locais de Belém. 

Trajetória

A origem do especial é o Passaporte Belém, que iniciou em 2014, com a proposta de oferecer um guia sobre os ‘tesouros’ e experiências de Belém, objetivando estimular a integração de moradores e visitantes com a cidade e suas atrações.

Com dicas dos colunistas Mauro Bonna, Rejane Barros e Alda Dantas, a série “Passaporte Belém, 100 Coisas para Fazer Aqui” foi baseada nos cinco sentidos humanos – visão, audição, paladar, tato e olfato – apresentando-se em duas versões: série de suplementos e guia de bolso.

Em 2015, o Passaporte Belém ganhou uma nova versão. A partir da experiência de quatro experts da noite, foi desenvolvida a série, “Passaporte Belém by Night - 80 Coisas para Fazer Aqui”, desta vez tomando por base a visão, audição e o paladar, sob a perspectiva da vida noturna da capital paraense.

(DOL)

COMENTÁRIOS mode_comment

CONTINUE LENDO keyboard_arrow_down
CONTINUAR LENDO keyboard_arrow_down