ATENÇÃO, HOMENS!

Diminuição do apetite sexual? 5 fatores que influenciam na falta de vontade de transar

POSTADO EM: Sexta-Feira, 08/02/2019, 12:38:28
ATUALIZADO EM: 08/02/2019, 13:37:42

zoom_out_map
Reprodução

Existem momentos em que o desejo sexual não surge e isso é natural. No entanto, quando o problema passa a acontecer sempre é preciso investigar para entender quais os fatores internos e externos que estão influenciando com a falta de vontade de transar. As informações são do UOL.

PROBLEMAS HORMONAIS

Problemas hormonais podem estar relacionados ao envelhecimento natural do organismo, a algum tipo de tratamento ou remédio que inibe a produção de testosterona (entre eles radioterapia e quimioterapia). A obesidade também pode gerar uma alteração.

A testosterona, a prolactina e o hormônio tireoidiano são substâncias que, quando em níveis irregulares no organismo, podem influenciar a libido do homem.

FALTA DE POTÊNCIA

Homens com problemas de ereção podem se sentir frustrados e desmotivados. O medo de falhar na hora H pode fazer com que muitos evitem a atividade sexual e, por consequência, diminuem a libido.

A dificuldade em ter ou manter a ereção pode ter causas psicológicas (estresse, ansiedade) ou orgânicas, como doenças ou hábitos que levam à dificuldade de vascularização e irrigação do sangue no pênis.

ESTRESSE

Situações de nervosismo extremo pode provocar aumento dos hormônios (cortisol e adrenalina), afetando o sistema límbico e levando à redução do desejo sexual. A prática de atividades físicas e técnicas de respiração, meditação e ioga podem ajudar a reduzir a tensão do dia a dia.

MEDICAMENTOS

Medicações utilizadas para tratamento da hipertensão arterial e úlceras, por exemplo, podem acabar com a libido do homem. Medicamentos comuns no dia a dia, como o ibuprofeno, também podem prejudicar a potência sexual e afetar o desejo.

BEBIDA ALCOÓLICA

O consumo excessivo de álcool pode, momentaneamente, diminuir a libido e o desempenho sexual. Em longo prazo, o consumo de bebida alcoólica pode causar disfunção erétil e aumentar os riscos do homem desenvolver depressão.

Leia também:

(Com informações do UOL)



COMENTÁRIOS mode_comment