PREVENÇÃO

Câncer de pele pode atingir lábios e protetor solar é principal arma contra doença

POSTADO EM: Quarta-Feira, 26/12/2018, 14:00:18
ATUALIZADO EM: 01/01/2019, 15:33:17

zoom_out_map
Reprodução

Você costuma proteger os seus lábios do sol? Dificilmente temos esse hábito, mas deveria ser rotina, pois essa parte do corpo fina e delicada está sujeita à radiação solar e também pode ser acometida pelo câncer de pele. Assim como acontece no rosto, os lábios precisam de atenção especial e a aplicação de produtos com filtro solar específico para essa região é a principal arma contra a doença.

A dermatologista do Hapvida, Marcela Vidal, explica que o lábio deve demandar atenção e, inclusive, já existem vários produtos no mercado, não penas para hidratar, mais também com fator de proteção solar. “Para essa área não conseguimos altos fatores de proteção solar e geralmente o que encontramos no mercado é o fator 30. Mas, as pessoas que se expõem ao sol não devem esquecer dos lábios e precisam protegê-los”, orienta, acrescentando que o produto precisa ser reaplicado constantemente.

O tipo de lesão que antecede o câncer de pele nos lábios, segundo a especialista, é a ceratose actínica labial ou queilite actínica. Pessoas que levaram muito sol ao longo da vida e que possuem o lábio ao invés de vermelho, um pouco mais esbranquiçado ou com a pele sem definição do limite do contorno labial, encontram-se no grupo de risco.

Marcela Vidal lembra que se o lábio tiver um câncer de pele estabelecido, o tratamento é cirúrgico. Porém, se tiver uma lesão pré-maligna podem ser feitos outros tratamentos visando destruir células que estão se multiplicando de forma anormal.

(Com ifnromações do Hapvida)



COMENTÁRIOS mode_comment