SEXO

Produtos eróticos aquecem mercado na capital paraense

POSTADO EM: Quinta-Feira, 03/05/2018, 16:21:40
ATUALIZADO EM: 03/05/2018, 16:30:20

zoom_out_map
Reprodução

Referente ao impulsionamento de vendas no setor sensual e erótico brasileiro, dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual –ABEME, de 2017, confirmam que, o Brasil comercializa cerca de 9 milhões de itens ao mês, sendo que 3,5 bilhões dessa produção são de géis, cremes e lubrificantes e, ainda, é referência mundial em lingerie sexy. São cerca de 30 mil fábricas, 50 atacadistas, 15 importadores, 1.000 lojas virtuais, 80 mil consultoras, e um mix estimado em mais de 15 mil produtos.

Motivadas pelos dados positivos no setor sensual e erótico brasileiro, as sócias proprietárias de uma loja de artigos sensuais, Elaine Tavares e Érica Almeida revelam que sempre apostaram no segmento por acreditar que, além do segmento ser próspero, contribui para dar mais qualidade de vida às pessoas e, principalmente, à relação a dois. “Os produtos sensuais podem ser grandes aliados à saúde, uma vez que atuam para promover a autoconfiança”, diz Elaine.

A loja tem como proposta oferecer vários benefícios à saúde sexual, para a promoção do autoconhecimento e qualidade de vida ao casal.  Cosméticos, próteses e acessórios em geral, lingeries e fantasias, são alguns dos itens que podem ser encontrados em lojas de produtos sexuais, para quem busca intensificar os momentos de intimidade.

A empresária Elaine explica também, que é crescente o número de casais que buscam nas linhas sensuais uma forma de quebrar a rotina, e dar um novo sabor ao relacionamento. “É importante para uma relação, buscar oferecer algo novo, seja no namoro ou no casamento”, diz.

As opções vão desde produtos essenciais, como as bolinhas de massagem corporal, aos mais específicos, entre eles merecem destaque as próteses, vibradores e estimuladores, que são indicados tanto para aguçar libido quanto para terapia. O Cone Pompoar, por exemplo, é um produto indicado para reabilitação através de exercícios de contração e relaxamento da região íntima da mulher, como é o caso do pompoarismo. O método que é indiano, é comprovado cientificamente, e tem como finalidade, aumentar a sensibilidade da região pélvica, além de evitar a queda do útero, bexiga e a incontinência urinária.

Ainda de acordo com Elaine, um dos produtos mais solicitados são os vibradores e próteses, e explica que esses tipos de acessórios podem proporcionar muito mais que a satisfação íntima. “O vibrador é o item mais procurado, principalmente pelas mulheres, devido a conscientização ou até mesmo indicação médica como opção terapêutica para o estímulo da libido, entre outros tratamentos”, justifica.

Outra inovação que merece destaque é o Erectus Expansor, mais conhecido como Viagra em gel, que tem a função de potencializar o vaso dilatador da região íntima, causando choques térmicos. O produto é destinado tanto para o público feminino quanto masculino.Os objetos íntimos podem ser encontrados em várias opções em tamanhos, sabores, aromas e cores de bolinhas explosivas; vibradores em gel; calcinhas comestíveis; óleos para massagem; hidratantes afrodisíacos e velas para massagem corporal.

(DOL) 



COMENTÁRIOS mode_comment