SAÚDE

Você vive cansado? Veja o que a fadiga pode dizer sobre a sua saúde

POSTADO EM: Terça-Feira, 03/04/2018, 08:22:01
ATUALIZADO EM: 03/04/2018, 08:22:01

zoom_out_map
Reprodução

Moleza extrema, falta de disposição são alguns dos sintomas que podem te fazer não realizar atividades importante sno dia-a-dia. Mas, quando é que você deve procurar ajuda? A cardiologista Viviane Belidio orienta quando o cansaço pode ser sintoma de doença.

Quando a fadiga precisa de atenção? A fadiga, definida como dificuldade de iniciar ou manter uma atividade, é um sintoma não específico que pode estar associada a diversas doenças, condições psicológicas ou efeitos colaterais de medicamentos. A fadiga aguda faz parte de manifestações da gripe e outros quadros virais. Quando não existe causa identificável e, nos casos de fadiga crônica, esta condição deve ser investigada.

O cansaço pode indicar problemas cardíacos? O cansaço pode indicar doenças cardíacas, principalmente insuficiência cardíaca congestiva, na qual o coração apresenta dificuldade de bombeamento de sangue, e na doença isquêmica do coração, quando há obstrução do fluxo sanguíneo nas artérias coronárias. 

Cansaço pode ser falta de vitaminas? Sim. A deficiência de ácido fólico, vitamina B12 e de ferro pode causar anemia e o paciente sentir fadiga, além de outras manifestações clínicas. 

Como saber se o cansaço é sinal de anemia? O cansaço é um dos sintomas mais comuns da anemia. A anemia também pode se manifestar com tontura, fraqueza e aumento da frequência cardíaca. O exame chamado “hemograma completo” faz a triagem inicial dessa condição e outros exames complementares podem ser necessários. 

Como se tornar uma pessoa menos cansada? Manter hábitos de vida saudáveis, com dieta rica em frutas, legumes e verduras, manter uma hidratação adequada, realizar atividade física regular e controlar o peso. E ainda: não fumar, ingerir bebidas alcoólicas com moderação, ter uma qualidade e quantidade de sono adequadas. Além disso, é fundamental cuidar da saúde mental, priorizando relacionamentos, trabalho e atividades da vida diária que proporcionem bem-estar . 

O clima interfere na disposição? É comum o sintoma de cansaço em dias quentes. As temperaturas elevadas causam dilatação dos vasos sanguíneos, dessa forma, a pressão arterial pode cair, principalmente se o paciente não mantiver uma hidratação adequada, podendo apresentar sintomas como fadiga, indisposição e tontura.

O que é a síndrome da fadiga crônica? A síndrome de fadiga crônica envolve uma dificuldade significativa de realizar atividades da vida diária por pelo menos metade do dia e que persiste por mais de seis meses, associada a mal-estar após esforços e problemas no sono. Além disso, para diagnóstico da síndrome, os pacientes devem apresentar também alteração de raciocínio e/ou fadiga maior na posição ortostática (em pé). Diversas causas para a síndrome têm sido propostas, porém ela ainda não está definida. Não existe cura, porém o tratamento adequado tende a aliviar os sintomas.

Cansaço pode ser sinal de pressão baixa? Sim, quando a pressão fica baixa, o fluxo de sangue para os órgãos e tecidos fica reduzido. O paciente pode apresentar sintomas como fadiga, tonteira, sudorese fria e sensação de desmaio. 

Como distinguir se o cansaço é físico ou emocional? A fadiga física se manifesta como uma dificuldade ou incapacidade de iniciar ou manter uma atividade motora; já a fadiga mental se apresenta como dificuldade de concentração ou de memória, ou instabilidade emocional. Devem ser pesquisados sintomas de depressão ou transtorno de ansiedade. O médico deverá ser consultado para realizar a avaliação da história clínica e exame físico para prosseguir a investigação diagnóstica. 

As informações são do R7. 



COMENTÁRIOS mode_comment