SAÚDE

Pessoas que malham podem ter estrias; saiba como tratar

POSTADO EM: Terça-Feira, 20/02/2018, 08:44:55
ATUALIZADO EM: 20/02/2018, 08:44:55

zoom_out_map
Reprodução

Aestria é um rompimento das fibras da pele, isto é, quando o tecido dá sustentação a epiderme se rompe, ela fica inflamada, vermelha, e, quando essa lesão cicatriza, a estria fica branca.

Segundo o site VivaBem, do UOL, geralmente, as fibras da pele se rompem por dois motivos: gravidez e crescimento do corpo na puberdade. Mas o uso de alguns medicamentos, como o corticoide, e a musculação, assim como o consumo de anabolizantes ou até de suplementos nutricionais, também podem favorecer o aparecimento.

“No caso da musculação, o ideal seria que o ganho de massa fosse lento, mas evidentemente não é isso que acontece, ainda mais quando se usa algum tipo de suplemento”, disse o dermatologista Caio Lamunier ao site.

De acordo com ele, para cada tipo de estria há um método, que pode incluir esfoliação, uso de cremes, microagulhamento, carboxterapia, laser, peeling e injeção de medicação para romper a cicatriz. Já para diminuir o estiramento, é recomendável a hidratação da pele com cremes específicos para a estria, o controle de peso e até a prática de alongamentos.



COMENTÁRIOS mode_comment