PELE DOURADA

Tem chuva? Bronzeamento gelado chega a Belém

POSTADO EM: Terça-Feira, 06/02/2018, 11:02:07
ATUALIZADO EM: 06/02/2018, 11:07:04

zoom_out_map
Arquivo Pessoal

Belém vive um período chuvoso o que impossibilita pegar aquele bronzeado dourado, certo? Errado! A novidade do mercado de beleza é o bronze gelado ou medicinal. Sem precisar de sol, o bronzeamento é feito através da aplicação de um produto importado que contém 15 óleos medicinais.

“Ele é uma pigmentação através de um vapor gelado, que além de bronzear, hidrata sua pele. Não mancha roupa e nem a pele, é feito em 20 minutos e seca por 40 minutos. Uma sessão dele é o suficiente para ficar super bronzeada e com a pele linda”, explicou a personal bronzer Géssica Meireles.

Para o tempo chuvoso de Belém é uma ótima opção. Porém, o custo é cerca de 40% acima do bronzeamento natural e a durabilidade é menor, além de precisar seguir as orientações. “Após a aplicação do produto, a pessoa fica com ele na pele e com o biquíni também em torno de 6 a 8 horas. No primeiro banho, é importante não retirar o biquíni, não esfregar o corpo, evitar cremes e perfumes. Isso tudo no primeiro dia, depois pode fazer tudo. Recomendo ainda que a pessoa use roupas leves e não faça atividades que gerem suor, além de evitar banhos quentes para prolongar o bronzeado”, esclarece Géssica.  

Esse bronzeamento é ótimo também porque não causa envelhecimento precoce, além de não causar risco ao câncer de pele. É possível ainda camuflar celulites e estrias.

Veja alguns resultados da primeira sessão:

Com esses cuidados é possível que o bronze fique cerca de 10 dias no corpo. ”O legal é que pode alternar entre o medicinal e o natural de sol em dias diferentes, ai certamente irá durar mais”, contou.

O bronzeamento gelado ou medicinal já chegou na capital paraense, mas ainda existem poucas profissionais capacitadas. É sempre bom lembrar ainda de se informar bem sobre o local que irá fazer bronzeamento, já que é importante usar bons produtos no bronze em questão.

Serviço:

O bronzeamento gelado custa cerca de R$ 100, já o natural R$ 70.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment